PJ detém suspeito de homicídio na praia do Amado, em Aljezur

A vítima foi atingida com disparos de uma caçadeira.

Praia do Amado
Foto
Praia do Amado Luís Ramos/Arquivo

A Polícia Judiciária (PJ) de Portimão deteve um homem suspeito de ter morto outro este domingo de manhã na praia do Amado, a praia mais a Sul do concelho de Aljezur, perto da aldeia da Carrapateira. 

De acordo com fonte da Polícia Judiciária, na origem do crime estarão desavenças recorrentes. Um seria dono de um bar de praia e o outro dedicava-se à pesca. Frequentavam o mesmo areal e não se podiam ver. As disputas estariam mesmo a ser dirimidas em tribunal. 

O crime não parece ter sido objecto de grande planeamento. A vítima, de 44 anos, estava na esplanada do seu bar a arrumar umas cadeiras quando foi atingida por um tiro de caçadeira. Eram cerca de 11h00. O suspeito, de 41 anos, foi à sua vida. Não se entregou à polícia, mas também não se pôs em fuga.

Poucas horas depois, o homem foi detido pela equipa de investigadores do Departamento de Investigação Criminal da Polícia Judiciária, com a ajuda de elementos da Guarda Nacional Republicana. Só na próxima segunda-feira de manhã deverá ser presente ao Tribunal de Portimão para que lhe seja decretada uma medida de coacção.