Torne-se perito

“Bem-vindo ao futuro”: segunda temporada da alemã Darkchega em Junho

Um fenómeno que chegou de mansinho em 2017 e conquistou o público regressa para mais viagens no tempo e nas histórias.

,Programa de televisão
Foto
Dark: "o apocalipse tem de acontecer" Netflix

Um ano e meio depois da sua estreia e de se tornar uma das séries de sucesso Netflix, a alemã Dark regressa em Junho para a sua segunda temporada, anunciou a plataforma de streaming esta sexta-feira. “O apocalipse tem de acontecer”, garante o novo teaser, que começa onde a viagem de Jonas terminou em Dezembro de 2017 - com um “bem-vindo ao futuro”.

A série de ficção científica passada entre bosques chuvosos e saltos temporais chegou no final de 2017 sem grande fanfarra mas teve efeito quase imediato, com o número de espectadores (ou de conversadores sobre o que andavam a ver) a crescer rapidamente. É actualmente uma das séries dadas como exemplo do potencial internacional da produção extra-EUA e Reino Unido pelos responsáveis do Netflix. Em Novembro do ano passado, quando Greg Peters, director de produto do Netflix, esteve em Lisboa, detalhou na Web Summit que Dark teve 90% das suas audiências fora da Alemanha. 

Agora, a sua segunda temporada está quase pronta e estreia-se no serviço a 21 de Junho. Serão, segundo o Netflix, oito episódios de uma hora plenos do suspense e das histórias de quatro famílias que se lançaram na primeira tranche de episódios. O tempo para algumas personagens é o futuro, e o presente desejado por Jonas é o de 2020.

PÚBLICO -
Foto
Netflix

A série, bem cotada em sites que agregam críticas de espectadores e profissionais como o Rotten Tomatoes ou a base de dados IMDB, tem Baran bo Odar e Jantje Friese (autores do filme sobre hackers Who Am I - Kein System ist sicher) como showrunners e adiciona agora ao elenco encabeçado por Louis Hoffman os actores Sandra Borgmann, Winfried Glatzeder, Dietrich Hollinderbäumer e Sylvester Groth.  

Sugerir correcção