Militares portugueses entregaram quase dois mil quilos de material escolar

Material entregue a 1200 alunos da República Centro-Africana

Material foi recolhido em Portugal e entregue na República Centro-Africana
Foto
Material foi recolhido em Portugal e entregue na República Centro-Africana LUSA/CEMGFA

Os militares portugueses que se encontram na Missão de Treino da União Europeia na República Centro-Africana (EUTM-RCA) entregaram 1700 quilos de material escolar que foi doado por escolas portuguesas, foi anunciado nesta segunda-feira.

O material escolar em causa foi entregue pelos militares portugueses no Complexo Escolar Saint Bernard de Menthon, em Bangui, refere o Estado-Maior General das Forças Armadas (EMGFA) em comunicado.

"Esta acção permitiu responder às carências sentidas por cerca de 1200 alunos, com idades compreendidas entre os 3 e os 18 anos, dos quais 200 são órfãos", frisa o documento.

Para tornar possível esta doação, a Brigada de Intervenção em território nacional, através do Regimento de Infantaria n.º 19, sedeado em Chaves, distrito de Vila Real, coordenou e apoiou, entre os dias 5 e 14 de Novembro, a campanha de recolha de material escolar.

O EMGFA destaca as doações de material dos agrupamentos de escolas Júlio Martins e Fernão Magalhães e da empresa CONSUREMA, de consumíveis de escritório e papelaria, sedeados na cidade de Chaves.

O comunicado realça, ainda, as contribuições dos agrupamentos de escolas de Vila Pouca de Aguiar e Gonçalo Nunes Barcelos, e da escola Básica António Fogaça, situados em Barcelos, "assim como do Centro Social e Paroquial de Vilar de Perdizes, em Montalegre".

O EMGFA salienta a "determinação e forte espírito de solidariedade, que caracteriza os cidadãos portugueses", o que "permitiu reunir esta quantidade muito significativa de material escolar".

Este projecto de solidariedade com o Complexo Escolar Saint Bernard de Menthon contemplou ainda contactos via skype e trocas de correspondência, contribuindo para uma "salutar interacção multidisciplinar" entre as crianças dos dois países, bem como um "despertar muito assertivo para o interesse do ensino da língua portuguesa na República Centro-Africana".

O contingente português na EUTM-RCA, sob o comando de Portugal, concretizou a separação em kits do material que entregou à direcção da escola e aos alunos, em particular.

"Com o evento de solidariedade realizado anteriormente na mesma escola e somando a distribuição de material escolar agora terminada, a EUTM-RCA, que actualmente conta com 12 nações, sob o comando de major-general Hermínio Maio, do Exército português, desde 11 de Janeiro de 2018, proporcionou melhores condições de apoio à educação de 1200 crianças", conclui.