Ilustração

Teresa desenha cartões “para uma vida mais complicada”

Fotogaleria

“Mudar algo que não está bem (em mim)”, “Sorrir para um estranho”, “Pôr o meu centro no outro” e “Levar calor a quem precisa” são alguns dos 24 conselhos de “Para uma vida mais complicada” — uma série de “cartões chatos que nos propõem coisas”. “Todos os dias podem ser uma oportunidade de chegarmos mais perto do que somos verdadeiramente”, conta a criadora do projecto, Teresa Fontes. A ideia é, através das mensagens dos cartões, ajudar as pessoas a serem “uma melhor versão” do que são.

“O Natal é sempre uma altura de balanço. É uma altura em que as pessoas gostam de escrever alguma coisa aos outros”, conta a designer gráfica de 32 anos que, no final de 2018, decidiu criar o novo projecto. “Para uma vida mais complicada” começou por ser um calendário de advento, mas logo se tornou num conjunto de cartões com mensagens que podem ser aplicadas durante todo o ano — uma proposta “mais versátil” para que “as pessoas possam fazer coisas diferentes e dar-lhes vida própria”.

Desde “candeeiros, molduras e elementos de terapias clínicas de grupo”, os cartões de Teresa “ganham sempre novas dimensões”. Antes de chegarem ao papel kraft, as ilustrações e mensagens são desenhadas em papel normal. Depois do lápis, da borracha e da caneta, Teresa faz os acabamentos digitais do desenho. O resultado são os 24 cartões, em papel kraft, que podem ser comprados através das redes sociais da designer, com o preço unitário de dois euros, 30 euros o conjunto.

Teresa Fontes
Teresa Fontes
Teresa Fontes
Teresa Fontes
Teresa Fontes
Teresa Fontes
Teresa Fontes
Teresa Fontes
Teresa Fontes
Teresa Fontes
Teresa Fontes
Teresa Fontes
Teresa Fontes
Teresa Fontes
Teresa Fontes