Mais de 37 mil armas foram destruídas pela PSP em 2018

O número de armas liquidadas pela força de segurança aumentou em mais de 10 mil unidades face ao ano anterior.

Fotogaleria
Polícia de Segurança Pública
Fotogaleria
Polícia de Segurança Pública

A Polícia de Segurança Pública (PSP) destruiu este ano mais de 37 mil armas de fogo e armas brancas, tendo eliminado 1.768 armas na 12.ª acção de destruição, ocorrida na quinta-feira passada, no Seixal.

Em comunicado divulgado esta quarta-feira, a PSP adianta que as armas destruídas foram declaradas como perdidas a favor do Estado no âmbito de processos-crime, contra-ordenações ou administrativos, depois de terem sido apreendidas ou foram entregues voluntariamente pelos seus detentores ou achadores.

Devido ao estado de degradação em que se encontram, as pistolas, revólveres, espingardas, punhais, navalhas e espadas foram mandadas destruir.

No total, em 2018 a PSP destruiu 37.351 armas, mais 10.878 do que no ano anterior.