Águeda “premeia” reciclagem em época natalícia

Quanto mais resíduos forem enviados para recolha selectiva, maior será o apoio financeiro a atribuir a causas sociais do município.

Foto
Goncalo Portugues

Consciente de que os dias que se aproximam são propícios a uma maior produção de resíduos, a câmara municipal de Águeda decidiu lançar um apelo aos seus cidadãos: que reciclem o máximo possível, na certeza de que quanto mais papel, plástico ou vidro foram recolhidos maior será o apoio financeiro a atribuir a instituições concelhias. A ideia de premiar o empenho dos cidadãos na reciclagem já não em nova e, no passado Verão, resultou na atribuição de um apoio superior a 500 euros a uma associação local.

Nessa primeira experiência, decorrida aquando da realização do grande evento de animação do município (AgitÁgueda), foram recolhidos um total de 6.800 quilos de resíduos: 1.800 de papel, 1.640 de embalagens e 3.360 quilos de vidro. Uma recolha selectiva que viria a traduzir-se no montante de 545,15 euros, que após a realização de sorteio público, foi endereçado à Associação Recreativa e Cultural de Óis da Ribeira.

Agora, autarquia volta a juntar-se à empresa ERSUC – Resíduos Sólidos do Centro, com o propósito de unir a causa ambiental às causas sociais, numa iniciativa apelidada de EcoNatal. Nesta época tão dada a uma maior produção de lixo (papéis de embrulhos, garrafas de vidro e de plástico), todos são desafiados a separar papel, plásticos, metal e vidros, depositando-os nuns contentores próprios da campanha, colocados à disposição pelas juntas de freguesia da sua área de residência.

No final, essa quantidade de resíduos será convertida num apoio financeiro a atribuir a uma causa escolhida pela própria junta – a campanha está segmentada por freguesias, ou seja, os resíduos recolhidos em cada uma delas reverterão para uma causa da própria terra.

Depois da experiência realizada durante o AgitÁgueda, os responsáveis pela câmara municipal de Águeda acreditam que esta campanha tem tudo para dar certo. “O Eco Evento AgitÁgueda teve uma adesão muito positiva e tudo nos leva a crer que a campanha de Natal seja um sucesso”, destacou Edson Santos, vice-presidente da autarquia. “Boas práticas e boas iniciativas têm sempre boa adesão e os aguedenses são sensíveis a estas causas que se conjugam aqui em todas as frentes ambiental, social e económico”, acrescentou.