Marten Bjork/Unsplash
Foto
Marten Bjork/Unsplash

Matosinhos: há 4000 ofertas na Feira do Emprego Universitário

Empregos a tempo inteiro, bolsas de investigação, programas de estágio nacionais e internacionais: na Feira Internacional de Emprego Universitário, em Matosinhos, há mais de 4000 ofertas para jovens estudantes e recém-licenciados. A 16 e 17 de Outubro, com entrada livre.

A quarta edição da Feira Internacional de Emprego Universitário (FINDE.U) abre portas a estudantes e graduados universitários nesta terça-feira, 16 de Outubro, na Exponor, em Matosinhos, com entrada livre. No evento, com duração de dois dias, os candidatos vão poder ter contacto directo com potenciais empregadores que, juntos, disponibilizam mais de quatro mil vagas, nacionais e internacionais, em diferentes áreas.

São perto de 150 as empresas que vão marcar presença no Centro de Congressos da Exponor, nos próximos dois dias. Entre as diferentes oportunidades, os visitantes vão poder encontrar empregos, bolsas de investigação ou programas de estágios, nacionais e internacionais. A iniciativa junta a Universidade do Porto, a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, a Universidade de Vigo e o Centro Regional do Porto da Universidade Católica Portuguesa e cobre áreas profissionais desde as tecnologias de informação e comunicação à engenharia, da gestão à economia e do marketing à indústria.

A iniciativa visa recrutar estudantes ou ex-alunos do ensino superior com os postos sobretudo no chamado “novo emprego”. Esta tendência tem na sua origem a criação de novos projectos, as startups, que crescem em conformidade com o ecossistema empreendedor que se vive nas cidades. A Universidade do Porto vai-se fazer representar com 10 das startups criadas pela própria instituição.

Os candidatos podem descarregar, previamente, o currículo na base de dados da FINDE.U, através de uma plataforma online, facilitando a possível candidatura. Segundo o site do evento, “a FINDE.U pretende renovar o seu carácter inovador e reforçar a ligação existente entre o Norte de Portugal e a Galiza”.

Hélder Vasconcelos, vice-reitor da Universidade do Porto, apontou à Agência Lusa que é cada vez mais clara "a adaptação por parte dos empregadores às novas gerações", questão que considera ser "a principal transformação" do evento, que nas últimas edições registou uma média de 14 mil currículos partilhados entre empresas e estudantes.

O reitor da Universidade do Porto, António de Sousa Pereira, vai passar pela feira na terça-feira, pelas 15h, acompanhado pelos representantes das outras instituições. Depois do Porto, a Feira Internacional de Emprego Universitário passa em Vigo, Espanha, nos dias 23 e 24 do mesmo mês.

A instituição organizadora disponibiliza transporte gratuito, para todos os interessados, a cada 30 minutos, com partidas do Pólo da Asprela e do Campo Alegre, até à Exponor e vice-versa.

Texto editado por Ana Fernandes

Artigo actualizado às 10h16 de 16 de Outubro