Leslie avança rumo a Portugal Continental

IPMA refere que as regiões Centro e Sul deverão sentir os efeitos da tempestade com maior intensidade, mas a Protecção Civil alerta que “o território continental português será afectado muito provavelmente em toda a sua extensão geográfica".

Foto
Adriano Miranda/ Arquivo

[ATENÇÃO: Para informação actualizada sobre a tempestade Leslie, clique aqui]

A Protecção Civil e o Instituto Português do Mar e da Atmosfera estenderam, nesta sexta-feira, o alerta sobre o furacão Leslie a todo o território continental português. Os efeitos da tempestade, que poderá deixar de ser considerada um furacão à medida que se aproxima, devem fazer-se sentir principalmente nas regiões Centro e Sul e no litoral, a partir das 19h de sábado e até às 12h de domingo. Espera-se vento forte, precipitação e agitação marítima.

PÚBLICO -
Foto
A previsão da trajectória do Leslie, pelo Centro Nacional de Furacões norte-americano National Huricane Center

“O território continental português será afectado muito provavelmente em toda a sua extensão geográfica”, lê-se no comunicado da Protecção Civil.

O pico mais crítico da passagem da tempestade irá verificar-se “entre as 0h e as 6h de domingo para o vento, as 1h e as 16h de domingo para a precipitação, as 3h e as 12 de domingo para a agitação marítima”, continua a mesma nota.

A Protecção Civil recomenda especial cuidado com o vento porque poderá "soprar forte nalgumas regiões" e contribuir "para a evolução rápida dos incêndios rurais que venham a verificar-se". De resto, o reforço de meios de combate aos incêndios foi prolongado até ao final do mês.

De acordo com o Centro Nacional de Furacões do serviço meteorológico norte-americano, o centro do furacão Leslie vai passar “a norte da ilha da Madeira no sábado, aproximar-se da porção sudoeste da Península Ibérica na noite de sábado e deslocar-se para o interior da Península [Ibérica] no domingo”. Quando atingir Portugal, Leslie será "um poderoso ciclone extra tropical", esclarece o centro. Ou seja, não será considerado um furacão, mas será ainda assim uma tempestade especialmente forte.

Na noite desta sexta-feira, o furacão Leslie encontrava-se a 530 quilómetros sul do arquipélago dos Açores e 830 quilómetros a oeste do arquipélago da Madeira.

O dispositivo de socorro na Região Autónoma da Madeira está em "alerta máximo" devido à aproximação do furacão, que deverá atingir o arquipélago a partir das 7h de sábado.

Em comunicado, a TAP alerta para a possibilidade de a "operação regular de e para o Funchal e de e para Porto Santo" poder ser afectada pela passagem do Leslie.

Os três primeiros voos de sábado, com partida da Madeira, serão antecipados e irão realizar-se durante a noite desta sexta-feira. Todos os outros voos previstos para sábado, até às 18h, serão cancelados. 

A previsão de mau tempo para o arquipélago da Madeira motivou também a Porto Santo Line a suspender as viagens marítimas para o Porto Santo.

Sugerir correcção