Opinião

O nosso rico melão

O que é que se passou? Este ano a fruta tem sido insípida. Mas o melão é o melhor de sempre.

Há anos que pensava que já não havia bom melão em Portugal. Mas este Verão não consigo apanhar um único melão mau: são todos excelentes.

O que é que se passou? Este ano a fruta tem sido insípida. Mas o melão é o melhor de sempre. Será que se pode arriscar uma hipótese duma regra geral? “O melão é melhor quando a fruta está pior.” “Se quiserdes bom melão, à outra fruta dizei que não.”

Também tenho visto poucos figos. Estará também relacionado com a fartura do melão? O ditado seria “Figo pouco, melão louco”.

Em Portugal, seja qual for o restaurante, o melão é sempre bem apresentado. Mas o presunto é sempre uma desilusão. É mau e, ainda por cima, é pouco. Daí que seja melhor pedir o presunto separadamente. Sai mais caro, mas um bom melão merece um bom presunto. Confesso que como sempre presunto italiano ou espanhol. A última vez que encontrei bom presunto português foi no antigo Porto de Santa Maria, onde o senhor José Galveias arranjava um presunto de Barrancos que era leve e viçoso.

Nunca se viu tanto mau presunto como agora. Há uma variedade enorme de mau presunto português, espanhol, francês, alemão e italiano. Os portugueses desistiram de fazer bom presunto por causa da superioridade do melhor jamón puro de bellota? Ou será mesmo verdade que os espanhóis nos compram os melhores porcos pretos? Vá lá, que eles sabem fazer bom presunto com eles.

Os porcos que gozam uma boa existência são os que dão o melhor presunto. Gosto de pensar que comeram muitos bons melões antes de pagarem com a vida.