A Coreia ganhou e Son evitou o serviço militar

Selecção sul-coreana venceu o torneio de futebol dos Jogos Asiáticos e o avançado do Tottenham respirou de alívio.

Foto
Reuters/DARREN WHITESIDE

Acabou o suplício para Son Heung Min. A Coreia do Sul ganhou o torneio de futebol dos Jogos Asiáticos, o que significa que o talentoso avançado do Tottenham vai evitar, definitivamente, o cumprimento do serviço militar no país.

Lee Seung-woo (que começou o jogo como suplente) e Hwang Hee chan marcaram os golos do triunfo por 2-1 sobre o Japão, um rival histórico, na final da competição, que decorreu na Indonésia. 

Com este resultado, cumpriu-se a condição imposta pelo Governo coreano para os jogadores "fugirem" ao serviço militar obrigatório, já que segundo a lei todos os homens devem cumprir 21 meses de "recruta". Uma medalha de ouro nos Jogos Asiáticos ou uma medalha, seja de que metal for, nos Jogos Olímpicos são um passaporte para fintar a obrigação.

Por isso, no momento dos festejos, Son celebrou em duplicado, afastando de vez a possibilidade de interromper uma carreira de sucesso na melhor Liga do mundo.

O contentamento também chegou de Inglaterra, através das redes sociais. "Parabéns, Sonny - #vencedor dos Jogos Asiáticos", escreveu o clube no Twitter.