Temperatura máxima subiu cinco graus na quarta-feira

Dez estações meteorológicas registaram mais de 40 graus. Todas ficam no Alentejo. O extremo absoluto de temperatura máxima na Europa (48 graus) foi registado em Atenas, na Grécia, a 10 de Julho de 1977, recorda o IPMA.

Foto
LUSA/LUÍS FORRA

"No dia 1 de Agosto registou-se uma subida acentuada da temperatura máxima em relação ao dia anterior, cerca de mais 5 graus", diz o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) em comunicado emitido nesta quinta-feira. Já o valor da média da temperatura máxima do ar em Portugal Continental, 35,3°C, "foi muito superior" ao valor normal: 28,8°C.

A 1 de Agosto, quarta-feira, dez estações meteorológicas registaram mais de 40 graus. Todas — Reguengos, Alvega, Amareleja, Avis, Mora, Elvas, Mértola, Portel, Alvalade e Neves Corvo — ficam no Alentejo. Em seis estações (no sotavento algarvio, Portalegre e Castelo Branco) registaram-se noites tropicais onde a temperatura mínima não desceu dos 20ºC. 

Nos próximos dias, prevê-se que as temperaturas máximas ultrapassem os 45 graus em alguns locais.

Em Portugal continental, a temperatura máxima alguma vez assinalada (47,3 graus) registou-se na Amareleja, a 1 de Agosto de 2003. Em Espanha, esse recorde é mais recente. Foi em Córdoba, a 13 de Julho de 2017, quando os termómetros marcaram 46,9 graus.

O extremo absoluto de temperatura máxima na Europa (48 graus) foi registado em Atenas, na Grécia, a 10 de Julho de 1977.