Em Agosto, não sejas plástico

Durante o mês de Agosto, fotografa e denuncia com a etiqueta #P3_antiplastico no Instagram. Ou mostra-nos bons exemplos.

Fotogaleria

Chega Agosto, chega o Verão, libertamo-nos de preocupações, mas nem tanto. A culpa é vossa. Por altura do Dia Nacional de Conservação da Natureza, pedimos para nos mostrarem as utilizações mais desnecessárias de embalagens de plástico. A adesão foi tanta que criámos no Instagram uma etiqueta dedicada ao combate ao plástico: orgulhosamente #P3_antiplastico. Agora, durante o mês de Agosto, vamos mantê-la debaixo de olho, destacando imagens de denúncia, de luta ou de bons exemplos, nesta galeria e na nossa conta de Instagram. Pelo ambiente e pelo mundo. Foste à praia e, em vez de apanhar pedrinhas, passaste a tarde à cata de lixo? Estás no supermercado e acabaste de pegar numa batata embrulhada em plástico? Fotografa e mostra-nos o que viste. Se possível, escreve uma breve mensagem. Não tens Instagram? Envia para publicop3@gmail.com. Acima de tudo, não sejas plástico. É o que importa.

“Se pensas já ter visto de tudo, basta ires à padaria do Pingo Doce de Vale do Lobo, no Algarve, onde irás encontrar pão fresco individualmente embalado, um a um, em película aderente e com uma etiqueta maior do que o próprio pão. Qual é mesmo a necessidade disto?”, questiona a página @lixo_nao — 31 de Agosto
“Se pensas já ter visto de tudo, basta ires à padaria do Pingo Doce de Vale do Lobo, no Algarve, onde irás encontrar pão fresco individualmente embalado, um a um, em película aderente e com uma etiqueta maior do que o próprio pão. Qual é mesmo a necessidade disto?”, questiona a página @lixo_nao — 31 de Agosto @lixo_nao
"Depois de três quilómetros pelas dunas sem ver vivalma, isto", escreve Celina Santos - 28 de Agosto
"Depois de três quilómetros pelas dunas sem ver vivalma, isto", escreve Celina Santos - 28 de Agosto @umatista
“Num mundo plastificado, a mudança a uma grande escala pode ser difícil, mas há que fazer a nossa parte para que um dia possamos ter mudança de vez”, lê-se na página @framedlook — 31 de Agosto
“Num mundo plastificado, a mudança a uma grande escala pode ser difícil, mas há que fazer a nossa parte para que um dia possamos ter mudança de vez”, lê-se na página @framedlook — 31 de Agosto @framedlook
“Sê a mudança que queres ver no mundo“ — 30 de Agosto
“Sê a mudança que queres ver no mundo“ — 30 de Agosto @jpmj.pt,@jpmj.pt
"Em apenas sete minutos... Mais países começaram a proibir o uso de plástico. Tenta sempre recusar as utilizações descartáveis  de plástico e, se for inevitável, escolhe a opção mais sustentável." - 23 de Agosto
"Em apenas sete minutos... Mais países começaram a proibir o uso de plástico. Tenta sempre recusar as utilizações descartáveis de plástico e, se for inevitável, escolhe a opção mais sustentável." - 23 de Agosto @joao.pedr.cunha / Instagram
"Infelizmente tem havido um aumento do lixo neste cantinho. Todos falam de uma seca nunca vivida nos Açores, o verde já não é o mesmo verde.  Tudo se está a ligar e a culpa é de todos nós. Ainda vamos a tempo de mudar." - 22 de Agosto
"Infelizmente tem havido um aumento do lixo neste cantinho. Todos falam de uma seca nunca vivida nos Açores, o verde já não é o mesmo verde. Tudo se está a ligar e a culpa é de todos nós. Ainda vamos a tempo de mudar." - 22 de Agosto @carlota.cms/Instagram
"Recebemos esta fotografia de uma querida, querida freguesa. Piquenique #zerowaste na lagoa azul, em Sintra." - 21 de Agosto
"Recebemos esta fotografia de uma querida, querida freguesa. Piquenique #zerowaste na lagoa azul, em Sintra." - 21 de Agosto @mariagranel.lx / Instagram
"Encontrei pela primeira vez uma palhinha de cartão/papel." - 20 de Agosto
"Encontrei pela primeira vez uma palhinha de cartão/papel." - 20 de Agosto Armando Amaro / Instagram
"Plástico com queijo dentro." - 19 de Agosto
"Plástico com queijo dentro." - 19 de Agosto @joaormoedas / Instagram
"Um saco de lixo. Não é propriamente um motivo instagramável. Pois não, mas é um reflexo do estado das nossas praias. Em dois dias seguidos, recolhi dois sacos de lixo de 20 litros iguais a este, na Praia do Magoito, em Sintra. O lixo — nomeadamente, o plástico — é uma praga que todos devemos de ajudar a erradicar." - 18 de Agosto
"Um saco de lixo. Não é propriamente um motivo instagramável. Pois não, mas é um reflexo do estado das nossas praias. Em dois dias seguidos, recolhi dois sacos de lixo de 20 litros iguais a este, na Praia do Magoito, em Sintra. O lixo — nomeadamente, o plástico — é uma praga que todos devemos de ajudar a erradicar." - 18 de Agosto @marcosfcmelo/Instagram
"Uma hora na praia de Vieira de Leiria. Surpreendente a quantidade de cotonetes. Continuo sem entender de onde vêm. ETARs? Pessoas com fetiche de limpar os ouvidos à beira mar?" - 17 de Agosto
"Uma hora na praia de Vieira de Leiria. Surpreendente a quantidade de cotonetes. Continuo sem entender de onde vêm. ETARs? Pessoas com fetiche de limpar os ouvidos à beira mar?" - 17 de Agosto Isabel Monteiro Rodrigues (via email)
"Inconcebível!" - 16 de Agosto
"Inconcebível!" - 16 de Agosto @mbentoamaral/Instagram
15 de Agosto
15 de Agosto Flor Brás (via email)
"Volta a Portugal, final da etapa em Portalegre. Um desafio para todos: tentar implementar novas atitudes neste desporto." - 14 de Agosto
"Volta a Portugal, final da etapa em Portalegre. Um desafio para todos: tentar implementar novas atitudes neste desporto." - 14 de Agosto Nuno Guedes Pimenta (via email)
"Recolher o lixo ajudava, mas um pouco de consciência e responsabilização para quem suja também não era mau. Na praia Atlântico em Soltroia." - 13 de Agosto
"Recolher o lixo ajudava, mas um pouco de consciência e responsabilização para quem suja também não era mau. Na praia Atlântico em Soltroia." - 13 de Agosto @eduardo.flr / Instagram
12 de Agosto
12 de Agosto @madalena_martins_ / Instagram
"Os serviços de saúde produzem uma quantidade enorme de lixo, grande parte dele de plástico. Neste conjunto pode-se ver o plástico produzido num turno. Pondo em perspectiva, a quantidade de plástico utilizada na saúde é assustadora!" - 11 de Agosto
"Os serviços de saúde produzem uma quantidade enorme de lixo, grande parte dele de plástico. Neste conjunto pode-se ver o plástico produzido num turno. Pondo em perspectiva, a quantidade de plástico utilizada na saúde é assustadora!" - 11 de Agosto Sílvia Arrais (via email)