Ambiente

Há uma baleia a saltar de um canal em Bruges

Fotografia de STUDIOKCA_ por Matthias Desmet
Fotogaleria
Fotografia de STUDIOKCA_ por Matthias Desmet

Quem visitar Bruges este Verão ficará surpreendido ao ver uma baleia atrás da estátua de Jan Van Eyck. Sim, isso mesmo: há uma baleia com o tamanho de quatro andares, construída com recurso a cinco toneladas de plástico, a ocupar a histórica praça da cidade belga. O autor da peça é o Studio KCA, um estúdio de arquitectura e design norte-americano que foi convidado pela organização da Triennale Brugge a conceber uma instalação sobre o tema “Cidades Líquidas”. A equipa, liderada por Jason Klimoski e Lesley Chang, pensou imediatamente em reproduzir o maior mamífero do mundo. É de facto assustador pensar que nadam mais resíduos plásticos no mar (cerca de 150 milhões de toneladas) do que baleias.

"A baleia, quando rompe a água, é o primeiro 'arranha-céu do mar' e, como maior mamífero, pareceu-nos a melhor forma de mostrar o alcance e a escala deste problema. Além disso, conseguimos extrair cinco toneladas de plástico do oceano num período de tempo muito curto, o que significa que temos material para algo grande", explica a empresa, citada pelo site Designboom.

Com a ajuda dos voluntários da Hawaii Wildlife Fund e da Surfrider Foundation, o Studio KCA recolheu resíduos plásticos na costa havaiana ao longo de quatro meses, encontrando pás, tampas de sanita e até cabides pelo caminho. De volta a Brooklyn, em Nova Iorque, os arquitectos começaram a limpar e a dividir o plástico por cores e tamanho. Montada a estrutura de aço, chegou a hora de unir todas as peças.

O estúdio nova-iorquino é também conhecido pelo pavilhão Head in the Clouds (2013), constituído por 53.780 garrafas recicladas, que esteve em Governors Island, Nova Iorque, e pela instalação Drop (2015), em São Paulo, no Brasil. O projecto Skyscraper (the Bruges Whale) foi parcialmente financiado através de uma campanha de crowdfunding, que contou com 94 apoiantes e superou o objectivo inicial de 15 mil dólares, angariando mais de 17 mil. A organização espera que mais de dois milhões de pessoas visitem a escultura até 16 de Setembro.

Fotografia de STUDIOKCA_ por Matthias Desmet
Fotografia de STUDIOKCA_ por Matthias Desmet
Fotografia de STUDIOKCA_ por Matthias Desmet
Fotografia de STUDIOKCA_ por Matthias Desmet
Fotografia de STUDIOKCA_ por Matthias Desmet
Fotografia de STUDIOKCA_ por Matthias Desmet
Fotografia de STUDIOKCA_ por Matthias Desmet
Fotografia de STUDIOKCA_ por Matthias Desmet
Fotografia de STUDIOKCA_ por Matthias Desmet
Fotografia de STUDIOKCA_ por Matthias Desmet
Fotografia de STUDIOKCA_ por Matthias Desmet
Sugerir correcção