PCP pede esforços para reabrir praia de Zebreiros

Areal de Gondomar, no Douro, é um dos cinco, junto a rios, onde ida a banhos é proibida.

Ida a banhos está desaconselhada em duas praias de Gondomatr
Foto
Ida a banhos está desaconselhada em duas praias de Gondomar Fernando Veludo/NFactos

O PCP vai questionar o Governo sobre a possibilidade de uma intervenção no sentido de poder ser aberta a banhos ainda este Verão a praia de Zebreiros, disse à Lusa a deputada Diana Ferreira. Em declarações à margem de uma visita àquela praia de Gondomar, no distrito do Porto, a deputada comunista vincou tratar-se de "uma das cinco praias do país que não podem abrir na época balnear devido à poluição da água".

Segundo Diana Ferreira, a praia de Zebreiros, no rio Douro, integra com as praias do Gorgulho (Funchal), do Forte (Figueira da Foz), da Foz do Lizandro (Ericeira) e de Merelim São Paio (Braga), o grupo de praias com acesso proibido. Prometendo "intervir na Assembleia da República" para avaliar o conhecimento que o Governo "tem sobre esta matéria", os comunistas vão também "pedir uma intervenção para que possa atempadamente ser aberta a praia".

"Havendo aqui competências que são do próprio município e que não podem ser ignoradas, o que entendemos também, e até por informações que nos chegam e que dão conta de que esta poluição pode vir do trânsito de navios que sobem e descem o rio Douro e das suas descargas, queremos saber a posição do Governo", salientou.

Enfatizando tratar-se de "uma situação identificada em 2017" e que não é, por isso, "nem recente nem nova", a deputada eleita pelo círculo do Porto lembrou que a CDU "já interveio localmente na Câmara de Gondomar, através dos seus eleitos, procurando que a autarquia intervenha sobre esta situação".

"Estamos a falar de um concelho com praias fluviais que registam uma grande afluência, sendo que, há uma semana, duas das três praias fluviais de Gondomar não tinham indicação de abertura. Entretanto, em Melres, já há autorização para banhos, mas Zebreiros continua sem poder abrir", assinalou a parlamentar comunista.