Conselheiros do PSD pedem prioridade para autárquicas

Sociais-democratas estão preocupados em recuperar as câmaras perdidas nos últimos anos.

PSD preocupado com autárquicas
Foto
PSD preocupado com autárquicas Nuno Ferreira Santos

Um grupo de conselheiros nacionais do PSD vai propor, na próxima reunião, que a direcção do partido comece a preparar as eleições autárquicas. Entre as medidas propostas, os sociais-democratas apontam para a necessidade de pensar o sistema eleitoral.

A necessidade de dar prioridade às eleições autárquicas foi a principal conclusão a que chegaram os elementos da segunda lista mais votada para o Conselho Nacional do PSD no primeiro encontro que decorreu no passado sábado, segundo o número um da lista Carlos Eduardo Reis.

Em declarações ao PÚBLICO, o social-democrata refere que não há nenhuma área temática do Conselho Estratégico Nacional – estrutura criada por Rui Rio para reflectir internamente e preparar o programa eleitoral do partido – que abranja as próximas eleições autárquicas. “Perdemos 60 câmaras municipais entre 2003 e 2017”, afirmou, defendendo que é preciso começar a trabalhar para as próximas eleições em 2021 para reconquistar o poder autárquico perdido e que era “uma das forças” do PSD.  

Nesse sentido, os conselheiros nacionais desta lista estão a preparar propostas para levar ao próximo Conselho Nacional do PSD, marcado para a próxima semana, dia 30 em Leiria. Entre elas deverão constar alterações ao sistema eleitoral e sobre a duração dos mandatos dos autarcas.

Com 13 eleitos (em 70 lugares), a lista liderada por Carlos Eduardo Reis garante que quer ter uma atitude construtiva e não de oposição à direcção de Rui Rio. O líder do PSD disse, no congresso do passado mês de Fevereiro, que o partido deveria iniciar “desde já” a preparação para as próximas autárquicas, com vista a reconduzir o partido “à liderança que foi seu apanágio durante tanto tempo”. Mas, segundo Carlos Eduardo Reis, ainda nenhuma medida sobre a matéria foi conhecida.