Vídeo

Parkour: há dez anos a (fazer-nos) trepar pelas paredes

Eles já andam há dez anos nisto. Onze, aliás — ainda que este vídeo, publicado há uns poucos dias, sirva para assinalar a primeira década de actividade da Line Team, "possivelmente a equipa de parkour mais antiga de Portugal". Durante o último ano, entretiveram-se a brincar com tudo o que lhes aparecia pela frente em Lisboa e Albufeira, sobretudo, onde alguns destes super-homens vestem a pele de piratas acrobáticos no Zoomarine (sim, é verdade!). E coube a Diogo Antas da Cunha, o videógrafo de serviço que já nos mostrou Setúbal e Lisboa sem gravidade, documentar tudo o que é salto, mortal, gaps, kongs e tics. E é impossível não trepar pelas paredes com tamanho risco — por cá, confessamos, ainda não conseguimos recuperar do salto para a parede do minuto 1:10. "É um vídeo fixe de parkour ", descreve o autor, de 27 anos, mas não só: a "especialidade" da equipa é o free running, que já envolve mortais e coisas que tais. E não, ninguém se magoou. Raramente há lesionados, aliás: "só umas contraturas ou uns cortes nas mãos". Realmente, quem sabe, sabe...