Emigração portuguesa para Reino Unido desce 26%

Brexit poderá explicar diminuição de saídas para Reino Unido, segundo o Observatório da Emigração.

A saída do Reino Unido está marcada para 29 de Março de 2019 mas já estará a afastar imigração
Foto
A saída do Reino Unido está marcada para 29 de Março de 2019, mas já estará a afastar imigração LUSA/ANDY RAIN

Em 2017 entraram no Reino Unido 22.622 portugueses, o que representa menos 26% do que em 2016, revela o Observatório da Emigração. A emigração portuguesa para o Reino Unido registou 32.301 entradas em 2015, mas em 2016 já se tinha registado uma queda de 5,4%

De acordo com informação do Department for Work and Pensions britânico, no ano passado registaram-se 682.613 entradas de estrangeiros no Reino Unido, sendo que os portugueses representaram apenas 3,3% desse número. Esta é uma descida que chega a números inferiores aos de 2013, acrescenta aquele organismo que monotoriza dados sobre saídas de Portugal. 

A tendência portuguesa acompanhou o movimento geral de queda das entradas de imigrantes no Reino Unido e o efeito Brexit já se estará, assim, a sentir, analisa o Observatório: em 2017 houve menos 17,2% de entradas totais de imigrantes nos países do Reino Unido, que têm data de saída da União Europeia marcada para 29 de Março de 2019. Já no ano anterior, em 2016, os dados da imigração apontavam para uma descida de 0,4% relativamente a 2015.

Foi, de resto, o número de imigrantes de países da União Europeia que desceu, sobretudo em 2017: menos 20,5%. Note-se que a imigração não diminuiu apenas para o Reino Unido, também desceram os fluxos para outros países da UE como Espanha, França e Itália, sublinha o observatório. 

O número de emigrantes portugueses estimados pelas Nações Unidas em 2017 foi de 2,3 milhões. O Observatório calcula que em 2016 tenham saído de Portugal cerca de 100 mil pessoas, menos 10 mil que no ano anterior.