Taxa de desemprego no valor mais baixo desde 2004

A taxa de desemprego fixou-se em 8,0% no último mês do ano passado, uma melhoria ligeira face ao mês anterior. Em Janeiro os dados provisórios dão conta de um valor de 7,9%.

Foto
pcm patricia martins

O Instituto Nacional de Estatística (INE) publicou nesta quarta-feira os números finais do desemprego relativos a Dezembro de 2017 que dão conta de uma revisão face à estimativa provisória divulgada no mês passado.

Assim, segundo o INE, “a taxa de desemprego de Dezembro de 2017 situou-se em 8,0%, menos 0,1 pontos percentuais (p.p.) que no mês anterior, menos 0,5 p.p. em relação a três meses antes e menos 2,2 p.p. face ao mesmo mês de 2016”. Adicionalmente, a taxa final “representa uma revisão de mais 0,2 p.p. face à estimativa provisória divulgada há um mês”. O INE acrescenta que “ter-se-á de recuar até Julho de 2004 para encontrar uma taxa inferior a esta”.

No que diz respeito à população desempregada registada em Dezembro, o número foi estimado “em 412,3 mil pessoas, tendo diminuído 1,3% em relação ao mês precedente (menos 5,5 mil pessoas), enquanto a população empregada foi estimada em 4771,5 mil pessoas, tendo aumentado 0,4% (mais 19,7 mil pessoas) face ao mês anterior”.

Já os números de Janeiro dão conta de uma melhoria adicional dos indicadores. “A estimativa provisória da taxa de desemprego de Janeiro de 2018 situou-se em 7,9%”, sublinha o INE, acrescentando que “neste mês, a estimativa da população desempregada terá sido de 410,6 mil pessoas e a da população empregada de 4773,4 mil pessoas”.