Livros

O estranho ritual do Sr. Silva

“O Sr. Silva chega sempre a casa ao final do dia. Vem cansado. Mora mesmo no cimo de um prédio com 96 andares”, lê-se no início do livro, ao mesmo tempo que se mostra o protagonista a subir uma escada bastante íngreme. Percebe-se imediatamente que estamos a entrar no domínio do absurdo. E gostamos.

O autor, Pierre Pratt, emprestou-nos a voz e o sotaque, ao ler Boa Noite! no estúdio do PÚBLICO, aumentando assim a nossa lista de Livros para Escutar/Letra Pequena.

O Sr. Silva tem um ritual estranho antes de ir dormir. Diz “boa noite” ao chapéu, “até amanhã” ao casaco, à gravata, ao cinto e a tudo o mais que usara nesse dia. Outras despedidas se seguem a vários objectos: “Também está na hora de o livro e os óculos irem dormir.” Até os dentes postiços merecem um simpático “boa noite” do Sr. Silva.

Um livro com um certo humor surreal, que faz rir crianças e adultos. Foi publicado pela primeira vez em 2014, em francês, Bonne nuit!, pelas edições Thierry Magnier (Paris). Mas esta história foi inicialmente pensada para adultos, chegando a ser divulgada em formato de banda desenhada.

“Era uma história mais pesada”, conta o autor. Mas, como tinha potencial para ser adaptada ao público infantil, “pelo ritual antes de ir dormir”, decidiu fazer esta versão. Ainda bem.

Pierre Pratt nasceu em Montreal, Canadá, onde se formou em Design Gráfico. Nos 1980 publicou algumas bandas desenhadas, mas a ilustração acabou por se impor como trabalho. Já publicou cerca de 50 livros para crianças.

O ilustrador vive em Portugal há dez anos, altura em que leccionou Ilustração e BD no ArCo (Centro de Arte e Comunicação Visual), em Lisboa. Recebeu vários prémios internacionais e foi finalista do Prémio Hans Christian Andersen em 2008.

Por cá, ilustrou títulos como A Fábrica do Tempo, texto de Sílvia Alves (Livros Horizonte); Lusco-Fusco, de Cristina Carvalho (Sextante Editora), O Sapateiro, de Alice Vieira (Caminho), A Galinha Que Cantava Ópera, de Luísa Costa Gomes (Dom Quixote), O Homem Que Engoliu a Lua, de Mário de Carvalho (Ambar Editora). 

Até amanhã, Sr. Silva!

(Adaptação de texto divulgado na página Crianças da edição em papel de 3 de Fevereiro de 2018.)