Vice-primeiro-ministro perde cargo por ter dupla nacionalidade

O partido do governante perdeu a maioria na câmara.

Barnaby Joyce tem nacionalidade australiana e neozelandesa
Foto
Barnaby Joyce tem nacionalidade australiana e neozelandesa LUSA/MICK TSIKAS

O vice-primeiro-ministro da Austrália e líder do Partido Nacional, Barnaby Joyce, perdeu nesta sexta-feira o cargo juntamente com quatro senadores por uma decisão judicial que ratifica a proibição aos políticos de terem dupla nacionalidade.

Um tribunal australiano decidiu que Joyce, que tem nacionalidade australiana e neozelandesa, é “inelegível” para ocupar o lugar no Parlamento, pelo que o partido do governante perdeu a maioria na câmara.

Os quatro representantes do Senado que perderam os assentos foram Fiona Nash, do Partido Nacional, Malcolm Roberts, do One Nation, e Larissa Waters e Scott Ludlam, dos Verdes.

A secção 44 da Constituição de Senadores e Membros do Parlamento da Austrália estabelece que todo o legislador deve ter unicamente a nacionalidade australiana.

A Austrália vai organizar eleições parciais para substituir o parlamentar, enquanto no Senado, os lugares vagos serão atribuídos a outras pessoas das respectivas formações políticas.