Furacão Maria já causou pelo menos nove mortos e deixou Porto Rico às escuras

Antes de chegar a Porto Rico, o furacão Maria devastou várias zonas das Antilhas Menores.

Efeitos do furacão em Dominica
Foto
Efeitos do furacão em Dominica Reuters/HANDOUT

O furacão Maria já causou pelo menos nove mortos durante a sua passagem pelas Antilhas Menores, tendo baixando para uma tempestade de grau três depois de atravessar Porto Rico, segundo as autoridades. Esta ilha, território associado do Estados Unidos, estava esta quarta-feira totalmente sem electricidade.

Antes de chegar a Porto Rico, o furacão Maria devastou várias zonas das Antilhas Menores, como as Ilhas Virgens Britânicas, Guadalupe e Dominica, e deixou pelos menos nove mortos, avançou a agência noticiosa Efe.

A autarquia de Guadalupe confirmou dois mortos e dois desaparecidos, com o assessor do primeiro-ministro da Dominica, Hartley Henry, a revelar que pelo menos sete pessoas morreram durante a passagem do furacão pela ilha.

O furacão Maria causou também danos severos nas infra-estruturas e habitações em Porto Rico, durante as seis horas em que atingiu a ilha das Caraíbas.

Depois enfraqueceu e desceu para uma tempestade de categoria três depois de ter atravessado Porto Rico, anunciou o Centro Nacional de Furacões dos EUA, em Miami.

Segundo o centro, o furacão está lentamente a afastar-se Porto Rico com ventos máximos de 185 quilómetros/hora, sendo esperada uma ligeira alteração na sua força nas próximas 48 horas.

O Centro Nacional de Furacões dos EUA refere que o furacão está a mover-se a uma velocidade de 19 quilómetros/hora e é esperado que passe a Noroeste da República Dominicana.