Torne-se perito

Deputados do PSD desconhecem investigação a viagens ao Euro 2016 que os vise

Líder da bancada do PSD diz que viajou, tal como Hugo Soares e Campos Ferreira, a "expensas próprias".

Foto
Luís Montenegro falou também em nome de Hugo Soares e de Luís Campos e Cunha ENRIC VIVES-RUBIO

Luís Montenegro, líder da bancada do PSD, afirmou nesta quinta-feira que desconhece a existência de uma investigação do Ministério Público sobre viagens de deputados para ver jogos de futebol do europeu de 2016 através da agência Cosmos, detida pela Olivedesportos.

"Não tenho conhecimento de nenhuma investigação nem a mim nem aos deputados Hugo Soares e Luís Campos Ferreira", afirmou aos jornalistas no Parlamento. O líder da bancada do PSD falou em nome dos três deputados que já confirmaram ter ido ver um jogo de futebol no âmbito do campeonato europeu através da Cosmos. "Não viajámos a convite de ninguém, mas sim a expensas próprias", assegurou, reiterando que os três deputados sociais-democratas pagaram a viagem realizada no ano passado. "Estamos tranquilos", disse, acrescentando que irão aguardar a conclusão do inquérito. 

A Procuradoria-Geral da República confirmou nesta quarta-feira que foi aberta uma segunda investigação a deputados e autarcas que terão viajado através da Cosmos para ver jogos do Europeu. Um processo diferente do que foi aberto por causa das viagens a convite da Galp e que já levou à exoneração de três secretários de Estado - Rocha Andrade (Assuntos Fiscais), João Vasconcelos (Indústria) e Jorge Costa Oliveira (Internacionalização).