Celebridades da música pop reagem ao “verdadeiro pesadelo” de Manchester

Nas redes sociais, Nick Minaj, Taylor Swift, Katy Perry, Lorde ou Cher reagiram ao ataque de Manchester, no contexto do espectáculo de Ariana Grande.

Foto

Foram várias as celebridades da música pop que reagiram, através das redes sociais, aos acontecimentos de segunda-feira à noite em Manchester, prestando homenagem às vítimas que tinham ido assistir a um espectáculo de Ariana Grande. A americana Nicki Minaj, que já colaborou com Ariana no passado recente, foi uma das cantoras que se manifestou no Twitter, lamentando “as vidas inocentes perdidas”, e mostrando-se solidária com a “irmã” Ariana perante os “trágicos acontecimentos”. Outra celebridade americana, a cantora Katy Perry, escreveu apenas: “rezando por todos os que estavam no show de Ariana.”

Algo semelhante foi referido por outras cantoras como Selena Gomez, que escreveu que “os seus pensamentos e preces” iam para todos os afectados de Manchester, ou Taylor Swift, que enviou “todo o seu amor” para os afectados pela tragédia. A jovem australiana Lorde recordou que todos os músicos devem sentir-se afectados pelo sucedido, recordando que os espectáculos devem ser seguros para toda a gente. “Um verdadeiro pesadelo”, concluiu, enviando afecto para Manchester e Ariana Grande.

Bruno Mars, que actuou recentemente em Portugal, escreveu não acreditar "que o mundo onde vivemos possa ser tão cruel", enquanto o cantor soul John Legend, que concretizou um dueto com Ariana este ano, enviou “amor” para o Reino Unido, para Ariana Grande e para todos os admiradores que foram afectados por “este terrível” ataque. O mesmo transmitiu Jennifer Lopez ou a cantora Pink, que se mostrou “devastada” com o sucedido, enquanto a veterana Cher evocou que na sua juventude tinha “passado bons momentos” em Manchester, dirigindo todas as suas preces e pensamentos à população da cidade britânica. Justin Timberlake foi outro que reagiu ao sucedido escrevendo que "precisamos todos de fazer melhor. Precisamos de nos amar uns aos outros."