Torne-se perito

Polícia alemã dispara contra homem que atropelou peões

Ataque com carro na cidade de Heidelberg feriu três pessoas, uma delas com gravidade.

Foto
Um dos agentes disparou contra o suspeito em fuga RENE PRIEBE/EPA

As autoridades alemãs dizem que um homem lançou o carro que conduzia para cima de várias pessoas numa rua à entrada da cidade velha de Heidelberg, no Sudoeste da Alemanha. 

Três pessoas que estavam à porta de uma padaria ficaram feridas, uma delas com gravidade, afirma Anne Baas, porta-voz da polícia, citada pela Associated Press. Uma das pessoas, um homem de 73 anos acabou por morrer, algumas horas depois. O homem era alemão, tal como o condutor de 35 anos. As outras duas vítimas são um austríaco de 32 anos e uma jovem de 29 anos da Bósnia-Herzegovina.

A polícia diz que não pode ainda dizer se foi um ataque terrorista – em Dezembro, um camião investiu contra a multidão num mercado de Natal em Berlim, na Praça Breitscheid, matando 12 pessoas e ferindo perto de 50. O ataque ao mercado foi reivindicado pelo Daesh, o autodenominado Estado Islâmico.

Depois de atropelar as pessoas que passeavam no centro de Heidelberg, o suspeito fugiu. Foi encontrado, pouco depois, por uma patrulha da polícia; de acordo com um comunicado, o homem saiu do carro com uma faca e um dos agentes disparou contra ele. Ferido com gravidade, foi entretanto levado para um hospital.

Segundo o jornal regional Rhein Neckar Zeitung, trata-se de um “doente psiquiátrico”. O mesmo jornal escreve que o suspeito é um jovem alemão, mas a polícia ainda não confirmou essa informação.

A BBC adianta ainda que o suspeito terá agido sozinho e conduzia um carro alugado.

Sugerir correcção