Sim, Chef é a nova comédia que a RTP vai servir ao jantar

A nova série estreia-se esta quarta-feira com Miguel Guilherme, Diogo Martins e Benedita Pereira nos papéis principais.

Fotogaleria
Miguel Guilherme é o chef Vítor Guerreiro RTP/DR
Fotogaleria
Diogo Martins interpreta Manel, o jovem aprendiz de cozinheiro RTP/DR
Fotogaleria
A equipa do Divina Comédia RTP/DR

Manel é um aprendiz de cozinheiro que se muda de Braga para Lisboa para cumprir um sonho de infância – ser chef de cozinha num restaurante de renome. Chegado à capital, não tem uma entrevista à espera; vai ter de conquistar a confiança de Vítor Guerreiro, o mal-encarado chef do Divina Comédia. Mas o ambicioso protagonista desta saga não se deixará ficar e tudo fará para dar a volta aos sucessivos obstáculos que lhe vão sendo colocados no caminho, das partidas dos colegas de cozinha à intimidante Kika, a gerente do restaurante que já conhece da noite anterior. Sim, Chef é a nova aposta da RTP para as noites de quarta-feira, apostada em arrancar muitas gargalhadas. ´

“A programação de ficção nacional deve ter vários registos e a comédia é tão importante como os registos dramáticos”, defende Virgílio Castelo ao PÚBLICO. O consultor de ficção nacional da RTP reforça que a estação de televisão pública pretende “manter uma linha permanente de comédia ao lado de outros registos como os dramas históricos e policiais”. Não faltarão situações caricatas no quotidiano da cozinha do Divina Comédia e é precisamente a empatia do enredo que promete cativar a audiência. “É um lado humano que não estamos habituados a ver”, acrescenta Virgílio Castelo, referindo que a proximidade aos bastidores da cozinha “permitirá que as pessoas se relacionem com a história”.

Miguel Guilherme veste a pele do autoritário chef que viu a sua reputação arruinada devido aos vícios do álcool e do jogo. É rezingão e exigente com toda a equipa, mas defende-a com unhas e dentes e dá-se particularmente bem com o seu sub-chef, Leonel (Pedro Giestas). Não será tarefa fácil para Manel (Diogo Martins) conseguir um lugar no Divina Comédia, mas a perspicácia vai ser a sua maior arma para lidar com as brincadeiras dos cozinheiros Fernando (Luís Barros) e Samuel (Tiago Retré). No restaurante, trabalham também o pasteleiro francês Louis (Tiago Costa), a copeira Zázá (Grace Mendes), o barman Carlos (Ivo Lucas) e as empregadas de mesas Tânia (Jani Zhao) e Susana (Marta Faial).

Sim, Chef marca o regresso de Benedita Pereira à comédia, após ter protagonizado em 2009 a série da TVI Ele é Ela. A actriz de 31 anos dá vida a Kika, a competitiva gerente do restaurante que está longe de transbordar simpatia para com os colegas. Kika não esperava ver Manel no Divina Comédia e, contrariada, vai ter de aceitar a sua presença. Por sua vez, o rapaz é seguro de si quanto à sua habilidade para fazer as miúdas cairem no prato, o que só pode resultar num conjunto de divertidas peripécias para os espectadores.

A série tem direcção de projecto e realização de Francisco Antunez, que trabalhou mais recentemente na novela da SIC Coração d’Ouro. As gravações ainda estão a decorrer e estão previstos 20 episódios para a primeira temporada; serão transmitidos todas as quarta-feiras às 21h, depois do Telejornal. Na apresentação das novidades do canal público para este ano, o director de programas Daniel Deusdado reiterou que “a ficção é absolutamente estruturante” no seu projecto, sendo a área em que o canal coloca “mais investimento”.