Mário Soares permanece em situação “muito crítica”

O antigo chefe de Estado continua com "prognóstico muito reservado", embora tenha estabilizado face a quinta-feira

Foto
miguel manso/arquivo

Mário Soares permanece em “coma profundo”, mas regista uma estabilização do estado de saúde relativamente ao anunciado na quinta-feira, disse aos jornalistas José Barata, porta-voz do Hospital da Cruz Vermelha, nesta sexta-feira.

Quando questionado sobre quais as melhorias registadas relativamente ao “progressivo agravamento” anunciado na quinta-feira, José Barata refere que “os sinais vitais estão numa situação normal e isso permite dizer que a situação está estabilizada”.

O porta-voz acrescentou ainda que Mário Soares continua sem qualquer recurso a “suporte técnico às funções vitais”, como Eduardo Barroso já tinha assinalado momento antes.

O ex-Presidente da República permanece internado nos cuidados intensivos com monitorização constante da equipa médica, sendo que o próximo boletim clínico será dado este sábado, também às 12h.

O ex-Presidente da República, de 92 anos, está internado desde o dia 13 deste mês. Mário Soares registou um progressivo agravamento na quinta-feira, embora nessa altura não se tenha verificado “qualquer falência a nível de qualquer órgão”.