O que é o PISA?

Foto
Para além dos testes, os estudantes têm ainda de responder a um questionário com informação de background sobre eles próprios enric vives-rubio

Qual a dimensão do PISA?
A sigla designa Programme for International Student Assessment. A OCDE começou a trabalhar na metodologia a aplicar em meados dos anos 1990. Mas a primeira sondagem só foi levada a cabo em 2000. O PISA é uma grande avaliação internacional à literacia dos alunos de 15 anos, em três áreas-chave: Ciências, Matemática e Leitura. Cada leva de testes privilegia uma área em particular. No PISA 2015 foi a área das Ciências a mais aprofundada. Participaram 500 mil alunos (de 70 países e economias), dos quais 7325 portugueses de escolas públicas e privadas.

Como são aplicados os testes?
Os alunos tiveram duas horas para fazer os testes, em ambiente de sala de aula, com um “administrador” a controlar o processo.

Que tipo de testes são feitos?
Os testes PISA são uma mistura de questões de escolha múltipla com outras que implicam respostas desenvolvidas. Os estudantes têm ainda de responder a um questionário com informação de background sobre eles próprios – a escola e o ambiente de aprendizagem, por exemplo. Aos directores das escolas que participam é também pedido que respondam a um questionário sobre o sistema educativo e o contexto escolar. Todas as perguntas são revistas e testadas internacionalmente por todos os países participantes.

Qual o objectivo desta avaliação?
O objectivo essencial do PISA é: avaliar a forma como os alunos de 15 anos aplicam as competências que têm de Matemática, Leitura e Ciências face a problemas que os colocam perante situações da “vida real”. Não se trata de avaliar o currículo, ou apenas conhecimentos. Trata-se de ver como são os alunos capazes de raciocinar, e “usar conceitos e ferramentas para explicar e prever fenómenos”.