Irmandade dos Clérigos premeia projectos de alunos da Universidade do Porto

Prémios destinam-se a estudantes nacionais e estrangeiros da UP e as candidaturas estão abertas até 14 de Novembro

Trabalhos sobre Nicolau Nasoni, arquitecto da Torre dos Clérigos, podem ser premiados
Foto
Trabalhos sobre Nicolau Nasoni, arquitecto da Torre dos Clérigos, podem ser premiados Paulo Pimenta

A Irmandade dos Clérigos anunciou esta quinta-feira o lançamento dos prémios "Nicolau Nasoni" e "Torre dos Clérigos", no valor de 2500 euros cada um, que visam distinguir projectos de investigação desenvolvidos por alunos da Universidade do Porto (UP).

De acordo com a informação disponibilizada na página da internet da Irmandade, a criação destes dois prémios resulta de um protocolo de colaboração celebrado entre os Clérigos e a UP. "Estes prémios visam a promoção de acções de carácter científico e cultural entre as duas instituições da cidade para uma efectiva projecção da comunidade em que se inserem", refere-se no texto, acrescentando-se que os prémios "pretendem distinguir trabalhos de investigação de estudantes portugueses e estrangeiros da UP, que tenham como tema a vida e obra de Nasoni ou a acção da Irmandade dos Clérigos".

De acordo com a informação disponível, o prémio "Nicolau Nasoni" será atribuído a "estudantes estrangeiros que estejam ou já tenham estado matriculados e inscritos em programas de mestrado e doutoramento das diversas faculdades da UP, e cujo trabalho seja um factor de divulgação internacional da vida e obra do artista, responsável pelo desenho arquitectónico da Torre dos Clérigos, ou da acção da Irmandade".

Já o prémio "Torre dos Clérigos" será atribuído a "trabalhos de investigação de estudantes portugueses que estejam ou já tenham estado matriculados e inscritos nas diversas faculdades da UP, e que tenham como tema a obra de Nasoni ou a acção da Irmandade".

As candidaturas devem ser submetidas por correio para a Reitoria da UP ou por email ([email protected]), até ao dia 14 de Novembro.

O júri de selecção das candidaturas é composto por Américo Aguiar, presidente da Irmandade dos Clérigos, por Maria de Fátima Saraiva, vice-presidente da UP e por Luís Ferreira do Amaral, professor auxiliar da Faculdade de Letras da UP.     

Sugerir correcção