Caçador morre com tiro acidental de outro caçador

Acidente que vitimou homem de 55 anos ocorreu no concelho de Crato, distrito de Portalegre.

Foto
Vítima era um militar na reserva que vivia em Torres Novas. Paulo Pimenta

Um homem de 55 anos morreu esta quinta-feira ao ser atingido por um tiro num "acidente de caça" perto de Vale do Peso, no concelho de Crato, distrito de Portalegre, disseram à agência Lusa fontes dos bombeiros e da GNR.

Fonte da GNR indicou que "a informação que existe é no sentido de se tratar de um acidente de caça", tendo o homem morrido após ter sido "atingido por um tiro acidental" de outro caçador.

Segundo a mesma fonte, a Polícia Judiciária está a investigar as circunstâncias em que ocorreu o incidente.

A vítima mortal era um militar na reserva, que residia no concelho de Torres Novas.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Portalegre indicou que o alerta para a ocorrência, que se registou numa reserva de caça, foi dado às 10h12. O óbito do homem foi declarado no local.

Foram mobilizados para as operações de socorro operacionais e uma ambulância dos Bombeiros Voluntários de Crato, uma viatura médica de emergência e reanimação (VMER) de Portalegre e a GNR.     

Sugerir correcção