Disney retira fato das lojas por acusações de racismo

A produtora foi criticada por discriminação cultural

Foto
O fato da personagem Maui foi considerado racista por muitos. DR

A Disney retirou do mercado um fato lançado para promover Vaiana (no original, Moana), o seu novo filme de animação. Razões para a retirada do fato? Queixas de discriminação cultural. Vaiana é um filme que se passa na Polinésia e que tem como protagonista a princesa adolescente de uma tribo.

O fato de Maui, semideus polinésio que é uma das personagens principais do filme, é composto por pele escura, tatuagens polinésias, uma saia de folhas e um colar de ossos. Vários contestaram o uso de um fato com um outro tom de pele, dizendo que é uma atitude racista, que espalha estereótipos, e que "a pele não é um disfarce", apontando ainda que não se vendem fatos de cor de pele branca quando o protagonista dos filmes é branco. Também as tatuagens do fato são alvo de crítica, já que na cultura polinésia as tatuagens são sagradas e cada uma tem uma história. Reproduzi-las para fins comerciais é uma ofensa.

A representação da personagem também está a ser criticada. Maui é uma figura de enorme importância na cultura de várias ilhas do Pacífico, mas muitos dizem que a versão de Maui no filme é uma caricatura “obesa” dos homens da Polinésia.

Ao retirar o fato do mercado, a Disney afirmou também em comunicado que “a equipa responsável por Vaiana teve muito cuidado para respeitar as culturas das ilhas do Pacífico que inspiraram o filme e lamenta que o fato de Maui tenha ofendido algumas pessoas. Pedimos sinceramente desculpa e estamos a retirar o fato do nosso site e das lojas”.

Vaiana estreará a 23 de Novembro nos Estados Unidos, mas ainda não tem data de estreia em Portugal.