Arquiteturas: um festival que junta cinema e arquitectura

Este ano o "Arquiteturas Film Festival" apresenta 34 filmes de 26 nacionalidades, que incluem nove produções portuguesas nas categorias de documentário, ficção, animação e experimental

Foto
Has Bonk/Unsplash

Um ambiente que misture arquitectura, cinema, design e artes visuais. É isso que pretende o "Arquiteturas Film Festival", ao regressar a Lisboa por mais um ano. O evento irá percorrer toda a capital, entre os dias 12 e 16 de Outubro, com a exibição de 34 filmes — documentais, experimentais, de animação e ficção — de 26 nacionalidades.

O Festival, que defende a ideia “Não há cinema sem Arquitetura”, traz como tema, para sua quarta edição, a expressão “Rehab Nation”: uma forma de reflectir sobre como vivemos as nossas cidades. “Lisboa tem vindo a receber pessoas de todas as nacionalidades que se juntam já a uma sociedade multi-cultural, mas, por vezes, pouco integrada”. Dessa forma, “o crescente interesse pela cidade tem originado mutações estruturais na distribuição da população”, que acabam por provocar dúvidas “sobre o lugar da nova geração de indivíduos locais”, explica ao P3, a fundadora do Arquiteturas, Sofia Mourato.

Além dos debates e mostra de filmes, que visam discutir esta nova realidade, apontada por Sofia, a programação conta com actividades paralelas como o “workshop” de cinema “Disaster Movie”, com o realizador austríaco Christoph Draeger; e a “masterclass” Arquitectura sem Arquitectos, com Manuel Graça Dias e Edgar Feldman.

O Festival será apresentado ao público, no dia 5 de Outubro, como parte da inauguração do novo edifício do Museu de Arte, Arquitectura e Tecnologia – MAAT. Já a noite oficial de abertura irá ocorrer no dia 12 de Outubro, no Fórum Lisboa, com a exibição do filme português “A Propósito de Leixões”, com a trilha sonora tocada ao vivo pela banda Torto.

Mesmo o Fórum sendo a sede oficial, o evento também passará pelo Cinema City Alvalade, a Cinemateca, a galeria Gabinete, o Centro de Inovação da Mouraria, o espaço Rua das Gaivotas 6 e a Roca Lisboa Gallery.

Ao longo das quatro edições, o "Arquiteturas Film Festival", projecto promovido pelo laboratório Do You Mean Architecture - DYMA, exibiu cerca de 300 filmes de 46 países. Com isso, a cada ano, está a cumprir o seu objectivo: “Valorizar e impulsionar a circulação internacional de trabalhos baseados na imagem em movimento, de criadores que atuam na intersecção destas disciplinas e linguagens artísticas”, sublinha Sofia.