Foto

Já podes fazer sexo legalmente num avião sem ninguém te interromper

Companhia aérea norte-americana transformou a cabina de um avião com almofadas e uma cama e chega a cobrar 1400 euros para sobrevoar Las Vegas enquanto os passageiros concretizam fantasias

Chama-se Love Cloud e promete ser a resposta aos desejos de quem sonha em ter sexo em aviões mas tem medo de ser surpreendido por outro passageiro ou por um elemento da tripulação. A empresa norte-americana criou um serviço privado que sobrevoa a cidade de Las Vegas e arredores numa avioneta Cessna 421 Golden Eagle “especialmente acondicionada para a ocasião”, escreve o jornal espanhol “El Mundo”.

Além de uma cama e almofadas, iluminação e sistema de som, a Love Cloud garante que os passageiros não serão interrompidos por ninguém e tem duas modalidades de viagem: durante o dia, com direito a sobrevoar o Grand Canyon, o Lago Mead e a barragem de Hoover; à noite, o passeio fica-se por Las Vegas iluminada.

No fim da viagem, a companhia aérea emite um certificado que assegura aos passageiros que a sua fantasia foi concretizada. Os preços da Love Cloud começam nos 727 euros (voos de 30 minutos) e podem chegar aos 1273 (voos de uma hora e meia). Há ainda a possibilidade de acrescentar um serviço de transporte de e para o aeroporto em limusina e pacotes específicos para casamentos.

PÚBLICO -
Foto

Ainda segundo um estudo citado pelo “El Mundo”, um em cada seis passageiros espanhóis reconhecem ter tido um encontro sexual durante um voo — 23 por cento dos quais foram surpreendidos — e 14 por cento dos tripulantes de cabina admitiram ter tido relações sexuais com um passageiro, a bordo de um avião.

Sugerir correcção