Fraunhofer Challenge tem 9 mil euros para as melhores teses

Até 1 de Agosto podes candidatar teses de mestrado e doutoramento com aplicação prática ao Fraunhofer Portugal Challenge

Foto
Olu Eleto/Unsplash

A edição 2016 do Fraunhofer Portugal Challenge já tem as candidaturas abertas: se escreveste uma tese de mestrado ou doutoramento com “utilidade prática” nas áreas das tecnologias da informação e comunicação, multimédia ou “outras ciências conexas”, este concurso pode ser para ti.

Até 1 de Agosto de 2016 podes submeter, individualmente, os trabalhos realizados em universidades portuguesas que tenham sido desenvolvidos “tendo em mente o conceito de ‘investigação de utilidade prática’”, lê-se no regulamento do concurso. As teses, de mestrado ou doutoramento, devem ter sido concluídas nos anos lectivos de 2014-15 ou 2015-16.

Ainda de acordo com o regulamento, as ideias devem reflectir um impacto nas seguintes áreas científicas: interacção homem-máquina, processamento de informação e computação autónoma. Conceitos relacionados com “smartphones”, saúde, agricultura, “wearables”, “croud sourcing” e sensores de mobilidade, entre outros, têm preferência.

Os vencedores nas duas categorias — mestrado e doutoramento — têm 9 mil euros em prémios. As três melhores ideias baseadas em teses de doutoramento recebem, respectivamente, 3000, 1500 e 1000 euros cada. Já no caso de mestrado, os valores são de 2000, 1000 e 500 euros para os três melhores candidatos. Além disso, os vencedores podem vir a juntar-se à equipa de investigação do “Fraunhofer Portugal Research Center for Assistive Information and Communication Solutions” (AICOS).

Toda a informação sobre a competição pode ser consultada aqui.