A peça de Harry Potter ainda não foi publicada e já está nos tops

A sequela, que inicialmente ia ter apenas uma versão de palco, vai ter como foco as aventuras de um dos filhos de Harry Potter, Albus Severus, na escola de Hogwarts.

Foto
O livro tem data de lançamento marcada para 31 de Julho e não se sabe se haverá versão portuguesa DR

Um dia depois de a peça de teatro em duas partes Harry Potter and the Cursed Child ter a sua estreia no palco do teatro Palace, em Londres, a 30 de Julho  com o actor Jamie Parker como protagonista, a actriz Noma Dumezweni no papel de Hermione e Paul Thornley como Ron Weasley , a peça de teatro que J. K. Rowling escreveu em conjunto com o argumentista Jack Thorne e com o encenador John Tiffany será lançada em língua inglesa. A obra em versão impressa e em ebook estará disponível nas livrarias a partir da meia-noite de 31 de Julho, dia do aniversário do famoso feiticeiro.<_o3a_p>

E 24 horas depois de a escritora ter feito o anúncio do lançamento desta obra no site Pottermore, plataforma dedicada ao universo da saga, o livro Harry Potter and the Cursed Child  Parts I & II: (Special Rehearsal Edition) The Official Script Book of the Original West End Production já chegou aos tops britânicos e norte-americanos, tal foi o volume de pré-encomendas nas livrarias Waterstones e Amazon britânica e a Amazon norte-americana.

Em Portugal, todos os livros da saga foram editados pela Editorial Presença. Contactada pelo PÚBLICO, representante da editora revelou que “neste momento o processo está em avaliação”. “Nada confirmado nem desmentido”, afirmou a responsável.<_o3a_p>

A história é uma sequela que decorre 19 anos depois do final do último livro, Harry Potter e os Talismãs da Morte. Até agora, sabe-se que Harry está mais velho (tem 30 anos) e trabalha no Ministério da Magia, enquanto um dos seus três filhos, Albus Severus, frequenta a escola de magia de Hogwarts. Outro irmão, James Sirius, está também em Hogwarts. <_o3a_p>

“Enquanto Harry se debate com um passado que se recusa a ficar onde deveria, o seu filho mais novo, Albus, tem de lutar com o peso de um legado familiar que nunca quis. Passado e presente fundem-se sinistramente e tanto o pai quanto o filho descobrem a verdade desconfortável de que, às vezes, as trevas vêm de sítios inesperados”, pode-se ler na sinopse.<_o3a_p>

No Twitter, a vasta maioria dos fãs da saga está agora a exultar de alegria com a novidade da publicação da peça em livro, por poderem voltar a mergulhar no universo criado por J.K. Rowling. No entanto, também é possível encontrar vozes que pensam que se trata apenas de uma manobra de marketing para a série continuar a fazer dinheiro.<_o3a_p>

Para 2017, ano em que se celebra o 20.º aniversário da edição do primeiro livro, os fãs terão ao seu dispor uma variedade de novidades. Logo no início do ano, o livro Fantastic Beasts and Where to Find Them, inicialmente publicado em 2001, será reeditado pela Bloomsbury e terá novos conteúdos criados por Rowling. <_o3a_p>

Em Junho, exacto mês do aniversário, o primeiro livro voltará a ser publicado em quatro edições especiais, com capas diferentes associadas a cada uma das casas de Hogwarts. Durante o ano todo, a Bloomsbury promete realizar mais iniciativas e celebrações para marcar a ocasião.<_o3a_p>

Também nesse ano se iniciará a reedição da trilogia da Hogwarts Library completamente ilustrada e a cores. O primeiro volume será Fantastic Beasts and Where to Find Them, ao qual se seguirão Tales of Beedle the Bard em 2018 e Quidditch Through the Ages em 2019.

<_o3a_p>Texto editado por Isabel Coutinho

<_o3a_p>