House of Cards regressa a 4 de Março

Frank Underwood está de volta na caça aos votos. A prova é o vídeo de campanha a anunciar a estreia da quarta temporada.

O cartaz divulgado pelo Netflix
Foto
O cartaz divulgado pelo Netflix DR

2016 é o ano das eleições presidenciais nos Estados Unidos e há um candidato que quase nos esquecíamos que existia, tendo em conta a sua ausência. Frank Underwood está de volta e avisa: “Isto é só o começo”. É assim, com um trailer tal qual um vídeo de campanha, que a quarta temporada de House of Cards é anunciada. Marquem nas agendas a data de 4 de Março.

É um novo dia nos Estados Unidos, ouvimos no vídeo de lançamento da nova temporada da série protagonizada por Kevin Spacey e produzida por David Fincher sobre a ascensão ao poder do congressista norte-americano Frank Underwood. “Hoje mais americanos têm trabalho”, continua a propaganda de campanha de Underwood levando-nos para o final da terceira temporada onde este percorria já o país em campanha pelo seu America Works, um programa criado por si para gerar mais emprego.

 
A quarta temporada.

Ele vai continuar o que começou. E o que não falta é inspiração. #FU2016

Publicado por House of Cards em Terça-feira, 15 de Dezembro de 2015

Depois do vídeo, surgiu o cartaz. Spacey, ou Francis, tal como a sua mulher Claire (Robin Wright) o trata, num cartaz claramente de campanha eleitoral onde se lê: Underwood 2016. A corrida à Casa Branca arranca a 4 de Março e como acontece no Netflix poderá ser devorada do início ao fim sem esperas por novos episódios – o serviço de streaming disponibiliza todos os episódios de uma vez.

Em Portugal, no entanto, o cenário será outro. Uma vez que House of Cards, provavelmente a série de maior sucesso do serviço de streaming, não está disponível no serviço português. Quando chegou ao mercado nacional, os direitos desta saga política já tinham sido vendidos, aplicando-se não só às temporadas estreadas mas também às novas. A nova temporada poderá por isso ser vista no canal por cabo TV Séries, que estreia a série exactamente no mesmo dia do Netflix, a diferença é que teremos apenas um episódio por semana. A SIC também transmite House of Cards mas não ao ritmo dos Estados Unidos, ou seja, passa as temporadas antigas.

Desde que anunciou a entrada em Portugal, que o Netflix tem negociado os direitos das suas séries. Aconteceu com Orange Is The New Black, que inicialmente não fazia parte do catálogo nacional mas que acabou por entrar.

São estas duas séries do serviço de streaming, que conquistaram até os prémios, até então só de televisão, como os Emmys e os Globos de Ouro, que marcaram o início de uma nova era no Netflix, que aposta cada vez mais em produções próprias.  

Sugerir correcção