Isabel Moreira diz que foi agredida por manifestantes junto ao Parlamento

"Fui agredida fisicamente e verbalmente” por apoiantes da coligação PSD-CDS/PP, disse a deputada socialista.

Centenas de manifestantes estão concentrados junto ao Parlamento em protestos contra e a favor do Governo
Foto
Centenas de manifestantes estão concentrados junto ao Parlamento, expressando-se contra e a favor do Governo Miguel Manso

A deputada socialista Isabel Moreira afirmou à agência Lusa que foi agredida e insultada nesta terça-feira no espaço anexo à Assembleia da República por manifestantes que apoiam o Governo de coligação PSD-CDS/PP.

Isabel Moreira disse que o incidente teve lugar quando saiu do Parlamento, ao início da tarde, após o final da primeira parte do segundo e último dia de debate do programa do XX Governo Constitucional.

"Fui agredida fisicamente e verbalmente por elementos que estão na manifestação a favor do Governo da coligação Portugal à Frente (PaF). Não reagi, porque alguém, aparentemente com funções de segurança, se interpôs entre mim e os agressores", disse.

Isabel Moreira fez ainda uma referência ao teor do discurso do vice-primeiro-ministro, Paulo Portas, esta manhã, na Assembleia da República.

"A moderação que hoje Paulo Portas disse ser uma característica dos eleitores de direita não a encontrei na manifestação de apoio à PaF à porta da Assembleia da República", acrescentou.