Barcos tradicionais vão passear no Tejo

Seixal dá início à época de passeios no Tejo a bordo de embarcações tradicionais.

Foto

Passeios a pé, a bordo de embarcações tradicionais ou pelos núcleos antigos. São estes os passeios que este mês regressam ao Tejo. “Este Verão Descubra”, “Vai a Pé, Volta de barco”, “De Barco do Seixal à Moita”, “Nós e o Rio” e “Descobertas no Ecomuseu” dão nome aos itinerários que se vão realizar no rio e suas margens.

Nos dias em que já não apetece ir à praia, as embarcações tradicionais da Câmara do Seixal oferecem alternativas para passar os tempos livres. Entre 12 e 27 de Agosto, pode-se optar pelo programa "Vai a Pé, Volta de Barco” em que, para além de ficarem a conhecer a baía do concelho, os participantes vão também passear a pé pela Amora ou pelo Seixal e visitar os núcleos do Ecomuseu Municipal.

O programa “Este Verão Descubra” destina-se ao público juvenil e a adulto ou a famílias. Com datas fixas, vai permitir conhecer os núcleos antigos do Seixal (16 de Setembro e 6 de Outubro), da Amora (31 de Agosto, 10 de Setembro e 9 de Outubro) e da Arrentela (8 de Setembro), e ainda o moinho de maré de Corroios (28 de Agosto, 19 de Setembro e 14 de Outubro).

Os passeios vão abranger outros concelhos do distrito de Setúbal. Dia 11 de Setembro, será possível “passear de barco do Seixal à Moita”, no âmbito das Festas da Nossa Senhora da Boa Viagem, que se realizam todos os anos em Setembro nesta região.

Realizados todos os dias, excepto ao fim-de-semana, e destinados a grupos, os passeios temáticos “Nós e o Rio” vão realizar-se nas embarcações tradicionais à vela. Os participantes vão aprender nós de marinheiro, como o nó direito, nó de trempe e nó de pescador.

Estes passeios realizados em embarcações tradicionais pretendem “contribuir para o conhecimento e interpretação de um vasto património fluvio-marítimo, de grande importância para o desenvolvimento das zonas ribeirinhas”, pode ler-se no site da autarquia.

As inscrições para os passeios são gratuitas e podem ser efectuadas através de 210 976 112 ou [email protected]
 

Texto editado por Ana Fernandes