Lucas Jackson/Reuters
Foto
Lucas Jackson/Reuters

Câmara do Porto lança concurso para garrafa de água da torneira

Autarquia quer promover o consumo de água da torneira. Há €4.000 em prémios para as melhores propostas, que devem ser submetidas entre 15 e 22 de Maio

Para incentivar o consumo de água da torneira, a Câmara Municipal do Porto (CMP) vai distribuir garrafas próprias, de plástico e de vidro, com a marca da cidade. O aspecto destas embalagens vai resultar de um concurso de design que a CMP lançou.

Uma vez que “o ponto fraco da água da torneira é a sua portabilidade”, a empresa municipal Águas do Porto quer distribuir garrafas (“nas torneiras domésticas e em bebedouros públicos”) para diminuir os detritos urbanos e contribuir “para uma cidadania mais saudável”, lê-se no regulamento do concurso.

A Águas do Porto procura duas garrafas: uma de plástico, portátil, com capacidade para meio litro; e outra de vidro, para mesa, com capacidade para 1,5 litros. Bem visível deve estar a inscrição da marca “Porto.”, recentemente premiada num concurso internacional.

Profissionais ou estudantes de design, de qualquer idade ou nacionalidade, podem concorrer com propostas, individualmente ou em equipa (três elementos no máximo). O júri será composto por elementos do conselho de administraçãoo da empresa e dos critérios de selecção fazem parte a “qualidade do desenho (50%)”, a “exequibilidade técnica (25%)” e a “resposta aos termos de referência (25%)”.

As candidaturas podem ser submetidas entre os dias 15 e 22 de Maio, entregues em mãos nas instalações da Águas do Porto ou enviadas pelo correio. As três melhores propostas serão premiadas com 2500, 1000 e 500 euros, respectivamente. Não há, para já, uma data para o anúncio dos vencedores.

Este concurso faz parte do Programa de Alteração Comportamental, criado pela Águas do Porto para alterar comportamentos no que diz respeito ao consumo de água da torneira. Segundo dados da empresa Águas do Porto, a água engarrafada é 450 vezes mais cara.