Xavier Dolan agora definitivamente em grande

Marion Cotillard, Léa Seydoux, Vincent Cassel e Nathalie Baye estarão no próximo filme do cineasta canadiano, que ele começa a rodar no final de Maio. No seguinte estará Jessica Chastain.

Foto

Pouco tempo depois de ser jurado no Festival de Cannes 2015 (entre 13 a 24 de Maio), Xavier Dolan começará a rodar o seu próximo filme, Juste La Fin Du Monde (Only The End Of The World) .

O cast foi anunciado: Marion Cotillard, Léa Seydoux, Vincent Cassel, Nathalie Baye e Gaspard Ulliel, um naipe de actores mais global do que o caseiro cast de que Dolan habitualmente se serve, com poucas variações, desde a sua estreia com J'ai Tué Ma Mère (apesar de haver o reecontro com Natalie Baye, a mãe de Laurence Anyways). Assim se atesta o novo estatuto do realizador no pós-Cannes 2014, a edição que lhe deu o Prémio Especial do Júri por Mamã ex-aequo com Adieu au Langage, de Jean-Luc Godard.

Anunciado estava que o próximo movimento do canadiano seria dirigir Jessica Chastain em The Death and Life of John F. Donovan. Afinal esse será o filme a rodar no Outono (há coisas que não mudaram, a avidez de Dolan, por exemplo…). Juste La Fin Du Monde funcionará como ensaio, ponte, para uma produção de maior envergadura (há coisas, apesar de tudo, que mudaram) que será o seu primeiro filme em língua inglesa; contará a história de um actor cuja vida e carreira são abaladas quando uma colunista de mexericos (Chastain) divulga a sua correspondência.

Juste La Fin Du Monde adapta uma peça de Jean-Luc Lagarce: um escritor regressa à sua aldeia natal, depois de 12 anos de ausência, para anunciar à família a sua morte eminente, e desse encontro resultam as querelas sobre a solidão e o amor. Tudo num huis-clos, exercício a partir de um texto teatral (como em Tom na Quinta), o que, diz Dolan, o seduz.