Bairro do Lagarteiro reabilitado até ao final do ano

Neste momento há obras a terminar e outros blocos que começam a ser reabilitados neste bairro em Campanhã, no Porto.

Foto
O Bairro do Lagarteiro começou a ser reabilitado com fundos de um projecto do IHRU, mas as obras não foram concluídas Adriano Miranda

Os blocos 10 e 11 estão quase prontos e, ainda este mês, começam as obras nos blocos 12 e 13 do Bairro do Lagarteiro. A última fase de obras de reabilitação desta urbanização em Campanhã acaba no final do ano e espera-se que, nessa altura, ela esteja completamente requalificada.

As obras nos blocos 10 e 11 deviam ter acabado no final de Março mas Manuel Pizarro, vereador da Habitação e Acção Social, adiantou que houve um pedido de prolongamento de prazo, por parte do empreiteiro, alegando as condições climatéricas adversas características do Inverno. O pequeno atraso não preocupa o autarca porque vê “a obra praticamente pronta” e os moradores “muito contentes”.

Os blocos em causa ficaram por reabilitar depois de o Instituto da Habitação e Reabilitação Urbana (IHRU) ter interrompido o projecto que tinha como objectivo intervir no espaço público e reabilitar os blocos do bairro.

Manuel Pizarro lamento que o Governo tenha “cortado os apoios que tinha prometido à Câmara” mas salienta a importância de “honrar o compromisso” a que se tinha proposto, requalificando completamente “um bairro conhecido por ser muito problemático no Porto”. Ernesto Santos, presidente da Junta de Freguesia de Campanhã, considerou que se tratou de uma “situação de injustiça” que só conseguiu ser resolvida por “boa vontade da Câmara Municipal do Porto”.

Manuel Pizarro considerou que esta zona da cidade é “a parte mais oriental do Porto mas que não se esquece que é Porto” e espera que, com as novas obras, a qualidade de vida da população melhore e a faça orgulhar-se de ser do Lagarteiro. Rui Moreira aproveitou o momento para elogiar Manuel Pizarro, adiantado que é “exemplar o que se tem feito na habitação”.

O presidente da Câmara agradeceu à população do bairro por ter confiado nas suas promessas e, agora, pede que as pessoas cuidem daquilo que foi construído, deixando um apelo especial aos mais novos "visto que a cidade é para eles”, insistiu. "Tratamos a cidade em função das pessoas", afirmou Rui Moreira, notando que são elas que mais ajudam nestes processos de reabilitação, mesmo que seja “contra tudo e contra todos”.

Esta  quarta-feira foi inaugurada a sede da Associação de Moradores para o Desenvolvimento do Lagarteiro que tem como objecto a melhoria das condições de uma “comunidade enfraquecida e desacreditada ao longo dos anos”, explicou a presidente desta organização, deste Fernanda Gomes.

Manuel Pizarro adiantou que está a “sonhar com alguma coisa ainda mais avançada” que permita que os habitantes do Lagarteiro possam continuar a conviver. Segundo o vereador, “as pessoas não vivem só das casas, vivem do convívio”.

O vereador da Habitação e Acção Social revelou-se satisfeito com o trabalho realizado no bairro da freguesia de Campanhã esperando “no final de metade do mandato acabar a renovação do Bairro do Lagarteiro”. Será, disse Manuel Pizarro, “um motivo de orgulho”.