xb3/Flickr
Foto
xb3/Flickr

Universidade de Coimbra abre candidaturas a fundo para estudantes sem bolsa

Fundo de Apoio Social da Universidade de Coimbra tem 300 mil euros para apoiar estudantes com dificuldades económicas que não têm bolsa de estudo. Candidaturas abertas até 30 de Abril

A Universidade de Coimbra abre hoje as candidaturas ao Fundo de Apoio Social (FAS), que conta com 300 mil euros para apoiar estudantes com carências económicas que não recebem bolsa de estudo.

A selecção de candidatos passa por "uma fórmula de cálculo" do rendimento dos agregados familiares diferente da do regulamento de atribuição de bolsas, permitindo apoiar estudantes que, "mesmo que tenham ficado de fora das bolsas, têm muitas carências económicas", disse à agência Lusa a administradora dos Serviços de Acção Social da Universidade de Coimbra (SASUC), Regina Bento.

"O regulamento de atribuição de bolsas [da Direcção Geral do Ensino Superior] considera os rendimentos ilíquidos e não os rendimentos líquidos", explicou a administradora dos SASUC, referindo que para estes estudantes "seria muito complicado manterem-se no ensino superior". Em 2014, os SASUC também disponibilizaram 300 mil euros para o FAS, tendo apoiado "cerca de 350 estudantes", avançou Regina Bento.

As candidaturas a este apoio poderão ser feitas até 30 de Abril, sendo que este ano estas foram abertas antes da conclusão da análise das bolsas. Segundo Regina Bento, ainda não foram atribuídas todas as bolsas (faltam cerca de 10%), devido aos "problemas informáticos que houve" no processo. No entanto, foi antecipado o prazo do concurso do FAS para se "atribuírem os apoios o mais rapidamente possível", para que os estudantes "não vivam na angústia de saber se têm ou não como pagar as propinas", até por isso poder influenciar o seu próprio aproveitamento escolar, constatou.

O FAS está dividido em dois escalões, sendo o apoio de 1067.85 euros (valor da propina) para o primeiro escalão e de pouco mais de 400 euros para o segundo escalão (diferença entre a propina mínima e máxima).