Mulder e Scully reabrem Ficheiros Secretos com seis novos episódios

Nestes 13 anos sem a série, "o mundo só se tornou ainda mais estranho” para o seu criador, Chris Carter.

Foto
DR

É oficial e com toda a gente a bordo: os Ficheiros Secretos vão voltar, com David Duchovny e Gillian Anderson a retomar os papéis de Fox Mulder e Dana Scully, e a acrescentar um novo capítulo a uma das sagas televisivas mais populares da década de 1990.

Serão seis episódios, e apenas seis, de uma mini-série que recupera as personagens dos dois agentes do FBI - o crente que queria acreditar (com poster de disco-voador a condizer nas paredes de quartos e residências universitárias de toda uma geração) e a céptica que queria clareza - bem como o criador da série, Chris Carter, que vai dirigir as operações na Fox. Esta reabertura dos Ficheiros Secretos e dos seus temas relacionados com o paranormal, mas também o seu arco narrativo mais duradouro em torno de vida extraterrestre e do rapto da irmã do protagonista, é mais um exemplo da exploração do filão nineties - à semelhança do que acontece também com uma nova visita a Twin Peaks por David Lynch e seus correligionários, por exemplo.

“Penso nisso como um intervalo para anúncios de 13 anos”, brinca Carter em declarações à revista Variety, que avançou a notícia esta terça-feira. A mini-série de Ficheiros Secretos será filmada este Verão, sem que haja ainda qualquer data para a estreia no canal generalista norte-americano. “As boas notícias são de que o mundo só se tornou ainda mais estranho”, defende ainda Chris Carter, “o que é a altura ideal para contar estas seis histórias”.

A série, um fenómeno que durou quase uma década (1993-2002), deu ainda origem a dois filmes. Já em Janeiro os presidentes da Fox Television, Gary Newman e Dana Walden (que trabalharam com Carter nas primeiras nove temporadas da série), tinham falado da sua vontade de recuperar Ficheiros Secretos e a sua colecção de histórias sobre estranhas formas de vida e corrupção no interior das forças de segurança.

Entretanto, tanto a carreira de Duchovny quanto a de Anderson continuam a passar sobretudo pela televisão. O actor protagoniza Californication, do canal Showtime, e a actriz distinguiu-se, entre muitas outras participações, como protagonista da série da BBC The Fall

Sugerir correcção