Patricia Arquette vence Óscar de Melhor Actriz Secundária

A actriz norte-americana venceu o seu primeiro Óscar e fez um discurso de defesa da igualdade de género. "É a nossa vez de ter igualdade salarial de uma vez por todas e igualdade de direitos para as mulheres nos EUA."

Fotogaleria
Arquette agradeceu o Óscar de forma emotiva Robin Beck/AFP
Fotogaleria
DR

Patricia Arquette venceu esta noite o Óscar de Melhor Actriz Secundária pelo seu papel em Boyhood, um filme rodado ao longo de 12 anos por Richard Linklater e um dos favoritos na corrida para o Óscar de Melhor Filme. A actriz, favorita também ao longo de toda a temporada de prémios, protagonizou uma das mensagens políticas da noite que já está a ser marcada pelas alusões à polémica racial que envolveu a colheita Óscar deste ano. Mas dedicou-se às mulheres.

Esta foi a primeira vitória da noite para Boyhood na cerimónia e o primeiro Óscar para a actriz norte-americana. "É a nossa vez de ter igualdade salarial", invectivou a actriz no seu discurso de agradecimento, recebendo aplausos de pé e sinais de apoio das suas colegas nomeadas, entre as quais uma fervorosa Meryl Streep (que estava nomeada para um Óscar pela 19.ª vez).

Numa referência à paridade na sociedade em geral, agradecendo também a "todas as mulheres que deram à luz", Arquette fez a primeira alusão da noite dos 87.ºs prémios da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas a uma das polémicas do último ano - não só as estatísticas que provam a subrepresentação das mulheres na indústria cinematográfica, mas também questões vindas a lume na esteira do escândalo da Sony que mostrou a desigualdade salarial entre actores e actrizes em Hollywood.

"Para cada mulher que deu à luz, para cada contribuinte e cidadão deste país, lutámos pela igualdade de direitos de todos os outros. É a nossa vez de ter igualdade salarial de uma vez por todas e igualdade de direitos para as mulheres nos Estados Unidos da América", disse Arquette. 



 

Estavam também nomeadas Keira Knightley por O Jogo da ImitaçãoEmma Stone por Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)Meryl Streep por Caminho da FlorestaLaura Dern por Livre.

A lista completa de vencedores pode ser consultada aqui.