Carlos do Carmo é a personalidade do ano para a imprensa estrangeira em Portugal

Fadista é premiado por ter promovido a imagem de Portugal internacionalmente.

Foto
Carlos do Carmo recebe este prémio no mesmo ano em que recebeu o Grammy Latino de Carreira Sandra Ribeiro

Depois de este ano ter sido premiado com o Grammy Latino de Carreira, Carlos do Carmo é agora distinguido como a personalidade de 2014 para os correspondentes estrangeiros em Portugal.

O cantor, com uma carreira de 51 anos, e filho de outro grande nome do fado, Lucília do Carmo, tornou-se no primeiro artista português a receber o prémio de carreira (a soprano Elisabete Matos foi distinguida no universo da música clássica, nos primeiros Grammy Latinos, em 2000).

Carlos do Carmo sucede assim a Mário Soares, apontado como a personalidade de 2013, recebendo o Prémio Martha de la Cal numa cerimónia ainda a agendar em 2015.

Fundada há 32 anos, a Associação da Imprensa Estrangeira em Portugal distingue anualmente uma pessoa ou instituição portuguesa, escolhidos por cerca de 60 jornalistas estrangeiros em Portugal e que representam meios de comunicação de mais de 20 países.

Em edições anteriores, o prémio já foi entregue a Carlos Paredes, aos Capitães de Abril, José Saramago, Mariza, António Guterres, Durão Barroso, Rosa Mota, Álvaro Siza, Joana Vasconcelos, entre outros.