Cláudia H. Abrantes
Foto
Cláudia H. Abrantes

Desenha uma sardinha e ganha dois mil euros

Já está a marchar nova edição do concurso em que são escolhidas as sardinhas das próximas Festas de Lisboa

“A minha vida dava uma sardinha” é o mote da 5.ª edição do concurso de criatividade lançado pela EGEAC (Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação Cultural). Objectivo: encontrar as cinco melhores e mais criativas sardinhas, destinadas a serem "a imagem da campanha de comunicação das Festas de Lisboa" de 2015.

O convite é lançado a todos os que, "de qualquer idade e em qualquer parte do mundo, aceitem o desafio de mostrar que todas as formas, temas, cores e até a vida, podem caber numa sardinha".

O limite é a imaginação e, do desenho simples às mais diversas propostas em técnicas manuais ("sobre papel/cartolina, colagem, fotografia ou objectos tridimensionais )", das variações digitais ao vídeo, vale tudo. Ou quase: há que cumprir alguns requisitos, explicados detalhadadamente no regulamento.

PÚBLICO -
Foto
Ana F. Borges

O concurso aceita propostas até às 15h de 4 de Dezembro, devendo as obras serem entregues exclusivamente online (através de uma plataforma digital no site das Festas).

Os autores das cinco sardinhas vencedoras, decididas por um júri, receberão 2 mil euros cada um e também poderão ver as suas criações por cada canto de Lisboa, nos mais diversos formatos.

Desde 2003 que a sardinha é oficialmente o ícone das festas alfacinhas. Em 2011 foi lançado o primeiro concurso aberto a quem quisesse desenhar o peixe, tendo sido recebidas, em quatro edições, "mais de 20 mil propostas de sardinhas vindas de 59 países", segundo informa a organização.

As propostas vencedoras serão divulgadas até 15 de Maio.

Artigo corrigido às 16h56 de 3 de Dezembro. O prazo do concurso foi prolongado até dia 4 de Dezembro às 15h.

Sugerir correcção