Os Swans no centro do mundo, em Utrecht

Festival Le Guess Who? tem este ano um programa especial a cargo da banda de Michael Gira.

Foto
A banda de Michael Gira vai programar a secção Mouth to Mouth SEBASTIAN SIGHELL

E se não nos limitássemos a ver e sentir o terror sónico dos grandiosos Swans, mas passássemos três dias a ouvir também a música que povoa a cabeça de Michael Gira, o fundador da banda americana? É isso que nos oferecerá em Novembro o Le Guess Who?, festival que, desde 2007, invade de música, nos mais diversos espaços, a cidade holandesa de Utrecht. E se além disso, na mesma altura, tivéssemos possibilidade de, durante 24 horas, ver representado em som, em ruído, em abstracto, aquilo que a música dos Swans evoca, num auto-explicativo 24-Hour Dronefest?

Poderá ser arriscado afirmá-lo, mas temos os discos para nos proteger. A segunda vida dos Swans de Michael Gira, iniciada em 2010 com a edição de My Father Will Guide Me up a Rope to the Sky, está a revelá-los melhor do que nunca e To Be Kind, o sucessor de The Seer (2012), editado este ano, serve apenas de confirmação. Em Outubro, vamos recebê-los novamente como um dos destaques da programação do festival Amplifest, a realizar no Porto nos dias 4 e 5. E no mês seguinte, de 20 a 23 de Novembro, entre um cartaz que inclui nomes como Mac DeMarco, Dr.John, Bonnie Prince Billy, Perfume Genius, Amen Dunes, St. Vincent, Einstürzende Neubauten, tUnE-yArDs ou os portugueses PAUS, destacar-se-á o programa Mouth to Mouth, organizado pela segunda vez no Le Guess Who?, este ano com programação a cargo dos Swans. Gabe-se o bom gosto de Michael Gira, que convocou para Utrecht os lendários Silver Apples e Wire, o mestre noise Ben Frost, o guitarrista de excepção Sir Richard Bishop, os Xiu Xiu, Carla Bozulich, Victor Herrero ou o encontro sem rede entre as inglesas Savages e a banda japonesa Bo Ningen (chamam-lhe Words to the blind).

Quando ao 24-Hour Dronefest, será um verdadeiro festim. Exigente como se impõe. Durante 24 horas irão suceder-se em palco William Basinski, o criador das famosas Disintegration Loops, Stephen O’Malley, dos Sunn O))), Tim Hecker, Steve Hauschildt, dos Emeralds, ou o duo londrino Raime (mais nomes serão avançados proximamente). A luz de Utrecht parecerá certamente diferente depois da intensidade da experiência.

O Le Guess Who? tem-se afirmado nos últimos anos como um dos festivais dedicados à música independente a ter em conta no contexto europeu, pelo cuidado na programação ou por iniciativas como os programas agora anunciados. Com a edição 2013 passou a realizar-se bianualmente, com um May Day cumprido, naturalmente, em Maio. O May Day 2014 já foi. Em Novembro, chegará o festival completo. Com os Swans e suas afinidades, com 24 horas completas de drone. Os bilhetes para o festival custam 90€ até ao final deste mês, 100€ a partir de Setembro.