James Rodríguez apresentado nesta terça-feira em Madrid

Internacional colombiano deve ser oficializado nas próximas horas como novo colega de Cristiano Ronaldo no Real, numa transferência avaliada em 80 milhões de euros.

Foto
James foi uma das "estrelas" colombianas no Mundial LUIS ACOSTA/AFP

Os Mundiais são uma montra para os jogadores se mostrarem e, pouco mais de uma semana depois de ter acabado o torneio, os grandes negócios continuam a acontecer. Luiz Suarez já foi para o Barcelona por 81 milhões, apesar de não poder jogar nos primeiros meses suspenso pela dentada a Chiellini, o próximo que se segue deverá ser James Rodríguez, negociado pelo Mónaco para o Real Madrid, numa transferência que a imprensa espanhola coloca nos 80 milhões de euros.

O avançado colombiano tornou-se numa estrela de primeira grandeza devido aos seis golos que marcou no Mundial e que lhe valeram o título de melhor marcador do torneio, tornando-se, de imediato num objecto de cobiça do Real Madrid. Segundo a Marca, o Real estará disposto a fazer de James o protagonista da terceira maior transferência do clube merengue, atrás do português Cristiano Ronaldo (94 milhões de euros) e do galês Gareth Bale (cerca de 91 milhões).

A duração do vínculo com o Real Madrid também já foi avançada pela Marca e será de seis anos. A confirmar-se o negócio, James será a segunda grande "estrela" do Mundial a assinar pelo Real Madrid neste defeso, depois de garantida a contratação do médio alemão Toni Kroos ao Bayern Munique por 30 milhões de euros.

De acordo com o jornal AS, James Rodríguez deveria juntar-se ao Mónaco, que é orientado pelo português Leonardo Jardim, nesta segunda-feira, em Miami, onde a equipa francesa enfrentará o Nacional de Medellín, na quarta-feira, num jogo particular.

O jogador, que esteve no FC Porto durante três temporadas e que foi vendido para o Mónaco por 45 milhões de euros - juntamente com o português João Moutinho -, poderá juntar-se, agora, a Cristiano Ronaldo, Fábio Coentrão e Pepe. A imprensa espanhola ainda avança que a sua apresentação será nesta terça-feira e que o jogador deverá juntar-se aos trabalhos da equipa "merengue" a 1 de Agosto, o mesmo dia em que também está previsto o regresso dos franceses Benzema e Varane.

Mesmo sem ainda haver confirmação oficial da sua contratação por parte do Real, muitas lojas em Madrid já vendem camisolas com o número 10 e com o nome do jovem colombiano.

Texto editado por Marco Vaza