Torne-se perito

Paulo Fonseca deixa de ser treinador do FC Porto

Luís Castro é o novo técnico interino dos campeões nacionais.

Paulo Fonseca deixou de ser treinador do FC Porto
Foto
Paulo Fonseca deixou de ser treinador do FC Porto Miguel Riopa/AFP

O FC Porto anunciou nesta quarta-feira a rescisão de contrato com o treinador Paulo Fonseca. Luís Castro, treinador da equipa B, assume o cargo interinamente.

"A Futebol Clube Do Porto – Futebol, SAD vem informar que, em reunião havida esta manhã, acordou com o treinador da sua equipa principal de futebol, senhor Paulo Fonseca, a cessação das suas funções", diz um comunicado da SAD portista, enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários.

"Foi ainda decidido pelo Conselho de Administração que a função de treinador da equipa principal de futebol é assumida, interinamente, pelo treinador da equipa B, senhor Luís Castro", acrescenta a mesma nota.

Paulo Fonseca foi contratado no início da época, depois de ter levado o Paços de Ferreira à Liga dos Campeões, mas não teve sucesso no Dragão, deixando a equipa no terceiro lugar.

Esta é apenas a quinta vez que, durante a presidência de Pinto da Costa, o FC Porto despede um treinador com a temporada a decorrer (os outros casos foram Quinito em 89, Tomislav Ivic em 94, Octávio Machado em 2002 e Victor Fernandez em 2005) e a primeira em que o líder portista abriu a porta de saída a um técnico após o mês de Janeiro.

Sugerir correcção