Henrique Calisto já não é treinador do Paços de Ferreira

Segunda mudança técnica da temporada no emblema pacense.

Calisto deixa a Mata Real
Foto
Calisto deixa a Mata Real Fernando Veludo/nFactos

Três meses e meio depois, o Paços de Ferreira volta a estar à procura de treinador. O clube anunciou nesta segunda-feira em comunicado a rescisão do contrato de Henrique Calisto. O técnico tinha sido contratado em Novembro para substituir Costinha no cargo.

Nesta segunda passagem por Paços de Ferreira em anos recentes (já tinha orientado o clube nos anos 1990) Henrique Calisto não conseguiu ser bem-sucedido. Se, em 2011-12, conseguiu evitar a descida de divisão, agora não foi capaz de melhorar a situação da equipa na tabela. Nos 12 jogos em que orientou o Paços de Ferreira na I Liga Calisto obteve duas vitórias, três empates e sete derrotas. E a equipa continua no último lugar da classificação.

Calisto foi despedido na sequência da goleada sofrida na visita ao Vitória de Setúbal (4-0). Foi a terceira derrota consecutiva dos pacenses no campeonato.

Em comunicado, o Paços de Ferreira “lamenta que os resultados desportivos não tenham sido condizentes com o trabalho realizado” por Henrique Calisto.