O Museu do Chiado tem um novo director: David Santos

Aos 42 anos, David Santos vem da direcção do Departamento de Educação e Cultura da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira.

Fotogaleria
Museu do Chiado Gonçalo Santos
Fotogaleria
David Santos

Formou-se em História da Arte, em 1995, e, até à semana passada, estava à frente do do Museu do Neo-Realismo, em Vila Franca de Xira, onde nasceu. É, apesar disso, um nome pouco conhecido nos meios da museologia e da arte contemporânea em Lisboa. David Santos, de 42 anos, sucede a Helena Barranha na direcção do Museu do Chiado - Museu Nacional de Arte Contemporânea, depois de um ano e meio em que o antigo director do Museu Nacional de Arte Antiga, Paulo Henriques, assegurou interinamente funções.

David Santos foi o vencedor dos novos concursos públicos obrigatórios para cargos de direcção na função pública. Desde que chegou ao Museu do Neo-Realismo que vem acumulando esse cargo com outros, de coordenação e direcção camarários. Foi, por exemplo, coordenador do Centro Cultural do Bom Sucesso, em Alverca do Ribatejo (2009-2012), director do Departamento de Cultura, Turismo e Atividades Económicas da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira (Agosto de 2012-Maio de 2013) e, até agora, director do Departamento de Educação e Cultura também da câmara de Vila Franca de Xira (em regime de substituição).

A notícia da nomeação foi avançada na tarde desta segunda-feira por comunicado pela Direcção-Geral do Património Cultural.


Notícia corrigida às 18h11: David Santos acumulou sempre funções em Vila Franca de Xira, não deixando nunca o Museu do Neo-Realismo
 

 
 
 
 

Sugerir correcção